•    “O objetivo é criar produtos que liguem o abismo entre os dispositivos BlackBerry Research in Motion (RIMM), voltados para o trabalho e e-mail, e o iPhone da Apple, voltado para a diversão”.
•    O artigo implica que a plataforma seria capaz de atuar como um SO não só para smartphones, mas consoles tipo GameBoy e leitores de e-book.
•    A Palm acredita que eles serão capazes de amealhar 2% do mercado; que a RIM dominará a maior parte do marketshare e que o iPhone terá 10%.
•    O SO também ajudaria os telefones a “usar melhor as informações sobre você. Por exemplo, o seu smartphone poderia mandar um e-mail pra você no dia anterior a uma viagem de negócios, alertando-o sobre condições de clima na cidade para onde você vai”.

[Businessweek via Engadget]