Cientistas britânicos desenvolveram uma nova espécie de disco rígido que não usa discos giratórios, mas sim uma placa retangular e milhões de cabeçotes móveis para ler e gravar os dados nela. Em teoria, isso pode significar velocidades de transferência de até 500 MB/s.

O Register Hardware diz que o Hard Retangular Drive (HRD), desenvolvido pela DataSlide, é aproximadamente 4x mais rápido que os HDDs atuais e usa o mesmo processo de fabricação das CPUs para produzir os cabeçotes de dados. Atuadores piezoelétricos são usados para varrer os cabeçotes e acessar partes específicas da placa magneticamente-codificada. A qualquer momento, até 64 cabeçotes podem estar transmitindo dados simultaneamente. O HRD usa 4W de energia, o que faz dele 50% mais econômico que um SSD.

A tecnologia atual consiste em uma única placa em um drive de 3,5 polegadas, mas será possível empilhar placas no futuro. [Register Hardware via Fast Company]