Na iminência do lançamento do Galaxy S III no Brasil (semana que vem estaremos na coletiva, fiquem espertos), as quatro grandes operadoras já fizeram páginas de pré-cadastro e estão anunciando aos quatro ventos que o smartphone mais poderoso da Terra está chegando. Mas a Oi pisou na bola em sua página oficial no Facebook. Processador Intel? Oi?

Em um álbum com fotos bem bonitas que destacam os recursos do Galaxy S III, uma foto chamou a atenção. Ela se refere ao “super processador” e traz a seguinte legenda:

“Com o super processador você assiste aos vídeos em HD e se conecta à internet de um jeito rápido.”

Ok, começamos mal. Mas a pior parte, mesmo, é terem tascado um selo do Core 2 Quad, processador X86 da Intel que inclusive já saiu de linha, para ilustrar o poder de processamento do smartphone — em vez do Exynos 4 Quad, este sim o verdadeiro SoC do Galaxy S III. Eu quase consigo imaginar o diálogo que deve ter rolado na agência, algo assim:

Mega-mega FAIL da Oi.

— Ok, processador agora. Diz aqui no briefing que ele é rápido e quad core. Dá uma googlada aí por “quad core”.

— Opa, achei uma imagem aqui… Acho que vai ficar legal. Quer ver?

— Não, nosso prazo está apertado. Tá escrito “quad core”? Então manda ver.

Só que não, certo meus amigos?

Os comentários na foto são hilários. Um cara perguntou se vem com placa de vídeo da NVIDIA (hey, não é Tegra!), outro perguntou se tem slot para placas PCI-e e há ponderações sobre a autonomia — um muito esperançoso acredita que, com um Core 2 Quad, o Galaxy S III da Oi chegue a… uma hora.

Para o caso do (ir)responsável apagar a foto, ela está aí do lado, na íntegra, com todos os comentários. Divirtam-se! [Oi]