Bicicletas! Paraquedas! High fives! A todos que ficaram boquiabertos com a entrada triunfal digna de cinema do Google Glass ontem, no primeiro dia da Google I/O, pedimos calma. Sergey Brin disse à Bloomberg Television que eles não estarão prontos para os consumidores até 2014.

Embora desenvolvedores tenham tido a chance de reservar uma Explorer Edition ontem (leia-se: pague ao Google US$ 1.500 para ter a chance de testar um produto ainda em beta), o período de testes não começará antes do ano que vem. Mas, hey, eles fizeram um bloco de vidro com um número gravado para colocar na estante e lembrar aos desenvolvedores que desembolsarem essa grana que, algum dia, no futuro, eles serão parte do programa piloto.

Sim, a demonstração foi impressionante. Mas espere, como aquelas coisas funcionam? E o que são exatamente os óculos? O Google não falou nada disso. Apenas fumaça e espelhos, demonstrações de como eles teoricamente poderão ser usados, distrações da real tecnologia por trás das lentes. Se o cronograma para distribuições do Google, por exemplo o do das novas versões do Android, for algum indicativo, 2014 talvez seja uma otimista. Pelo menos até lá você terá economizado dinheiro o suficiente para comprar um par. [Bloomberg TV via Ars Technica]