O smartphone chega para substituir o Spice, o Android menor da Motorola que tinha um bom teclado QWERTY e um formato diferente. À época do lançamento, o Spice era vendido por R$799. E é por isso que deduzimos, assim como o pessoal do Eu Android, que descobriu o aparelho, que ele será um Android de entrada, como tantos outros. E, pelas fotos, o modelo novo não terá o teclado slide.

Mas é curioso pensar que o aparelho chegará com a versão mais atual do Android — os últimos lançamentos da Motorola, incluindo o todo poderoso Atrix, ainda usam a versão 2.2 do sistema. Preferimos enxergar isso como um bom sinal: a empresa já está pronta para lançar o Gingerbread em seus smartphones, independente do Motoblur. [Eu Android]