A gente te perdoa se você responder que é uma sala de comando digital automatizada, onde generais direcionam esquadrões de andróides experimentais com as pontas dos dedos, fazendo videoconferências holográficas com o presidente e protegendo o mundo de ameaças que só eles conhecem. Mas, na real, essa sala é provavelmente mais velha que você.

Você está olhando para o Crisis Information Center do USS Hornet, um navio que foi aposentado em 1970, depois de ficar famoso por resgatar os astronautas da Apollo 11 depois da "aterrissagem" no Pacífico Norte.

Os brilhantes e futuristas painéis de instrumentos e os consoles misteriosos são completamente analógicos. As telas suspensas não estão nem perto de serem multitouch — são peças de vidro lisas onde a tripulação escrevia de trás pra frente, à mão, para que os oficiais no lado oposto pudessem ler.

A Wired tem uma galeria completa do navio, e definitivamente vale a pena dar uma olhada. Não se fazem mais salas de guerra como antigamente. [Wired Science]