Rostos fantasmagóricos, olhos felinos jogados no ar e lustres amaldiçoados podem ser encontrados planando contra árvores e refletindo na água em pequenas cidades da Espanha. Mas, calma, ainda não é preciso chamar os Caça-Fantasmas.

As instalações de Ibon Mainar, batizadas de “Proyecciones en El Exterior”, envolve o prático e simples trabalho de projetar arte contra papéis de parede naturais. E em alguns casos os cenários são tão complexos e marcantes quanto as imagens – a combinação entre uma tela natural e as imagens brilhantes e efêmeras é bem assustadora e impressionante.

Mas talvez a parte mais incrível do trabalho de Manair seja bem mais simples: quando ele desliga seus projetores e vai embora caçando um novo lugar, ele deixa o cenário natural da exata forma em que encontrou. [Ibon Mainar via Designboom]