Caro Lifehacker/Gizmodo, eu estou comprando um celular melhor e quero vender o meu antigo. Como faço para ter certeza de que todas as minhas informações pessoais estão apagadas antes de me entregá-lo a outra pessoa?

Obrigado,
Preocupado Com Privacidade

Caro Preocupado,

É surpreendente a quantidade de pessoas que vendem seus celulares sem fazer nada para remover todos os seus dados dele. Vender o seu celular para um estranho sem fazer isso dá a ele acesso completo a todas as suas músicas, emails, mensagens de texto e outros dados, por algumas centenas de Reais. Para ter certeza que os seus dados estão seguros, você deve fazer uma limpeza completa no aparelho antes de passá-lo adiante. E isso é bem fácil de fazer, tanto no iPhone quanto em um Android.

Como zerar um iPhone

Zerar um iPhone é incrivelmente simples. Apenas vá para Ajustes > Geral > Redefinir > Apagar Todo o Conteúdo e Ajustes. Esta opção fará uma limpeza de toda a sua mídia, configurações e todos os outros dados, deixando o celular exatamente como você o comprou, pronto para o próximo usuário.

Outra maneira é conectá-lo ao iTunes e apertar o botão Restaurar. Isso é bom se você quiser aproveitar para fazer um último backup antes de zerar o aparelho. Os dois métodos funcionam. Lembre-se que, se você tiver um iPhone jailbroken, precisará fazer a restauração pelo iTunes se quiser desativar o jailbreak. É claro que você também pode querer vendê-lo com o jailbreak, se o seu comprador quiser – e pode até cobrar um pouquinho mais caro por isso.

Isso protegerá os seus dados da vasta maioria das pessoas, mas há quem sugira uma proteção extra contra os hackers mais dedicados, que poderiam recuperar até mesmo os dados apagados. Neste caso, você precisará fazer jailbreak e seguir estas instruções no iClarified.com.

Como zerar um Android

Os Androids também são bem fáceis de zerar, mas precisam de alguns botões extras. Diferente do iPhone, o seu Android tem dentro dele mais de uma forma de armazenamento de dados. Ele tem a memória interna, onde a maioria dos apps e configurações são armazenados, e também o cartão SD, que armazena músicas, fotos e algumas configurações de apps. Alguns telefones chegam a ter dois cartões SD. Então, quando estiver apagando seus dados, não esqueça de nada.

Se o seu aparelho veio com um cartão SD, eu recomendo vendê-lo dessa forma. Mas se você comprou separadamente, pode muito bem ficar com ele para usar no próximo telefone (a não ser que queira incluir no preço de venda e tirar uns trocadinhos a mais). Se você está vendendo um aparelho com cartão SD, eu o enviaria com um cartão novo para ter certeza que os meus dados permaneceriam comigo. A formatação não oferece a segurança máxima antes que você cubra o espaço dos dados apagados com outros dados, então você precisa ou reformatar ou preencher com outros dados, como arquivos grandes de filmes. Ou vender o seu telefone com um cartão novo, nunca usado.

Para zerar o aparelho, vá às configurações e procure a seção de Armazenamento e SD. Desmonte o volume do cartão SD e perceba como a opção para formatá-lo se torna acessível. Clique nela para zerar o seu cartão SD. Se quiser a segurança extra, é agora que você deve conectá-lo no seu computador e enchê-lo com outros arquivos para sobrescrever o espaço vazio.

Com isso pronto, volte para a seção de configurações de armazenamento e SD (em alguns modelos está em “conta e Privacidade”) e aperte o botão que redefine às configurações de fábrica. Isso vai apagar o resto dos seus dados, deixando o aparelho vazio como estava no dia em que você comprou. Novamente, há quem recomende ocupar novamente o espaço vazio com outros dados inúteis. Neste caso, a melhor maneira de fazer isso seria baixando apps grandes (como jogos) de fora do Mercado até encher o celular. Ele vai avisar quando estiver sem espaço. Mas não baixe os apps do Mercado Android, já que você não vai querer deixar as suas credenciais do Google salvas. Você provavelmente terá que procurar os arquivos no Google (por ex: download angry birds apk). Quando terminar, retorne novamente às configurações de fábrica e pronto.

Lembre-se que se você tiver um aparelho rooteado, estas instruções não removerão o root, nem alguma custom ROM que estiver rodando. Para fazer isso, você precisa de um programa como o RSD Lite da Motorola (se o aparelho for dessa marca). Dependendo do fabricante, você pode precisar de algum outro programa para isso. Mas você também pode anunciar o seu telefone como pré-rooteado. Muitas pessoas preferem comprar Androids assim.

Por último, tanto no Android quanto no iPhone, não esqueça de retirar o cartão SIM para desativar o aparelho. O seu comprador deve usar um cartão SIM próprio, enquanto você precisa guardar o seu, caso seja possível utilizar o mesmo. (Senão, é só solicitar a trocar na operadora.) Especialmente no Brasil, é uma cortesia importante – e fundamental para evitar reclamações dos compradores – vender o aparelho desbloqueado. Todo mundo fica mais feliz.

E é isso! Preparar o seu telefone para uma venda não dá mais trabalho do que isso. Agora é só curtir o aparelho novo!

Abraços,
Lifehacker/Gizmodo