É, meus amigos, o Windows Phone 7 mal chegou ao mundo — e mal chegou ao Brasil! — e já estamos aqui falando sobre o Windows Phone 8. Mas a culpa não é nossa. A culpa é da Microsoft, que deixou vazar um vídeo interno onde Joe Belfiore, chefão do WP, descreve todas as propostas do novo sistema operacional da empresa. E as mudanças são muito, muito grandes.

O vídeo chegou às mãos do pessoal do Pocket Now, que não o publicou, mas registrou tudo o que Belfiore contou. A parte de hardware, por exemplo, será muito diferente: se antes a Microsoft exigia smartphones com apenas um núcleo e uma resolução de tela, o Windows Phone 8 aceitará processadores com múltiplos núcleos e terá quatro opções de resoluções de tela (não reveladas). Outra mudança importante cobrada pelos usuários é que o sistema agora permitirá que os smartphones com WP tenham porta microSD. E haverá suporte ao futurístico NFC também.

Na parte do software, a Microsoft quer fazer uma enorme integração entre o Windows Phone e o Windows 8. Para isso, desenvolvedores poderão usar o mesmo código para desenvolver para ambas as plataformas. Aplicativos próprios da empresa, como o do Xbox e do Skydrive, terão um cliente sincronizado entre celulares, tablets e desktops que usem Windows no sistema. E aqui entra o NFC, que também funcionará para transferir dados entre os aparelhos.

Quem receberá muita atenção da Microsoft no Windows Phone 8 será o novo bebê da empresa, o Skype: Belfiore conta que o aplicativo estará integrado na raiz do sistema. Isso significa que outros aplicativos poderão usar as habilidades do Skype. E é isso que a empresa busca como próximo passo nos apps: a integração entre aplicativos.

Para completar, Belfiore conta que o sistema ganhará um tijolo a mais em sua tela inicial: consumo de energia e dados. A ideia é facilitar a visualização das informações para o usuário — algo que diversos apps já faziam no Android, mas o Google adicionou na raiz do sistema na versão 4.0.

As atualizações nos empolgam: mostram que a Microsoft percebeu que não pode limitar tanto assim o hardware se quer todas as fabricantes de seu lado e já se prepara para o mundo dos aparelhos com processadores quad-core e telas com resolução enorme. E queremos ver de perto essa integração do Skype: é hora de fazer valer muito a pena essa compra, integrando Windows e ligações de forma simples. Segundo as informações, o vídeo não trata de uma possível dada de lançamento do sistema. Mas se o chefão do assunto já está enviando vídeos internos para as empresas, podemos esperar por mais notícias em breve. [Pocket Now e The Verge]