Eu nunca tive inveja do veleiro do Tom Perkins, o Maltese Falcon, até que ele ganhou um submarino acoplado à sua barriga. O submarino, chamado Deep Flight Super Falcon, é um veículo elétrico de mais de seis metros que aplica princípios da aerodinâmica ao mar.

John Markoff pode dar uma voltinha nele há pouco tempo e classifica o sub como interessante, mesmo na névoa de plâncton da Baía de Monterey, na Califórnia.

Cada vez que o submarino afundava, o meu cinto de segurança me fazia flutuar um pouco no assento. Cada vez que subíamos, eu era empurrado de volta contra o banco pela aceleração. Diferente de um submarino convencional, que usa balastros para descer às profundezas do mar, o Super Falcon "voa" pela água. Ele boia ligeiramente, e é a sua velocidade que o impulsiona para baixo, à imagem espelhada da sustentação aerodinâmica de uma aeronave convencional. Ele pode operar a profundidades de até 120 metros, tem uma velocidade máxima de 6 nós [NT.: 11km/h] e pode voar por cinco horas com uma única carga de bateria.

O Deep Flight é capitaneado por Graham Hawkes, um pioneiro em veículos de exploração do fundo do mar. Entre outras coisas, Hawkes construiu o veículo Deep Rover que foi usado por James Cameron para rodar o filme Aliens of the Deep em IMAX 3D, o Mantis, que foi filmado com James Bond no filme For Your Eyes Only, e o Deep Flight Challenger, um submarino alado capaz de alcançar mais de 11 quilômetros de profundidade, construído para que Steve Fossett quebrasse o recorde de profundidade alcançada.

Se você está interessado, o artigo do John Markoff tem um vídeo incorporado, mostrando o mergulho. Aqui em baixo também temos alguns vídeos para você. [Deep FlightNYTimes, foto por Leslie Terzian Markoff e Yachtpals]