No futuro, os óculos de sol precisarão fazer algo além de apenas fazer você parecer descolado ou proteger seus olhos de custosos problemas de vista. Eles precisarão alimentar os seus gadgets, pelo menos de acordo com este par de designer daí da foto.

O conceito dos “Óculos de Sol Auto-Conversores de Energia” usa uma célula solar pigmentada combinada com nanotecnologia não-especificada para gerar eletricidade ao mesmo tempo em que, presumo, ainda permita que você enxergue. A eletricidade passa pela armação para uma porta na parte traseira dos óculos. Daí um fio desce pelo seu pescoço até o seu gadget predileto.

Esperamos que, quando alguém finalmente criar um modelo funcional e comercializável, nós estaremos muito além destas tentativas desesperadas de carregar a nossa tecnologia portátil. Ou talvez os óculos pelo menos escondam um HUD meia boca dentro. [Yanko]