Após expandir seu negócio para algumas das principais capitais do Brasil, a Oi confirmou nesta segunda-feira (29) o lançamento de sua internet de banda larga Oi Fibra em todo o estado de São Paulo. Apesar de não cravar uma data exata, a operadora destacou que o início da operação comercial voltada para consumidores finais terá início no segundo trimestre de 2021.

A companhia deve utilizar 5,2 mil quilômetros de rede de fibra óptica no estado, além da construção de novas estações em localidades estratégicas. De janeiro a março deste ano, a empresa realizou testes de negócios e fez um lançamento parcial através de um beta, para então se preparar para disponibilizar a internet aos lares dos clientes paulistas.

A meta da Oi é atingir pelo menos 400 mil domicílios em 2021, e 2 milhões em 2022, com “foco em conectividade e streaming visando a melhor experiência de uso do mercado; digitalização dos canais de venda e pós venda, além dos tradicionais televendas e porta a porta; e comunicação suportada pelas mídias digitais”.

Empresas e clientes corporativos também devem receber a Oi Fibra a partir do segundo trimestre deste ano.

Assine a newsletter do Gizmodo

A Oi Fibra oferece apenas dois planos: 200 Mbps para download e 60 Mbps para upload por R$ 99,90 no débito automático ou R$ 119,90 no boleto bancário; e 400 Mbps para download e 200 Mbps para upload por R$ 149,90 no débito automático ou R$ 169,90 no boleto. Ambos incluem uma linha de telefone fixo com ligações ilimitadas para todo o Brasil, além de acesso ao Oi Play com Coleção Oi. Assinantes do plano mais caro também ganham acesso gratuito às plataformas de streaming Discovery Kids Plus e Paramount+

Atualmente, a Oi conta com 5,1 milhões de clientes de banda larga, dos quais 2,4 milhões usam tecnologia de fibra óptica. Já no uso de tecnologia FFTH, a Oi aparece na vice-liderança, com 14,3%, atrás apenas da Vivo, que possui 21,2%.

[Tecnoblog]