O OnePlus One chega muito perto de ser o smartphone perfeito. Ele só tem um problema: é difícil de ser comprado. Apesar de ter sido lançado há quase um ano, você ainda precisa de um convite para ter o direito de levá-lo para casa. Mas hoje à noite, por algumas horas, essa barreira não existirá.

Entre as 22h e meia noite de hoje (horário de Brasília), a OnePlus deixará você fazer a compra como se fosse uma fabricante de smartphones convencional: você dá seu dinheirinho a eles, e eles te mandam um pequeno retângulo de vidro que faz ligações e acessa a Internet. Se você não entende por que a gente fica maluco quando isso acontece e a exigência do convite para comprar um telefone cai, dê uma lida no nosso review. Por US$ 300, é a melhor coisa em que você pode gastar.

Só há dois poréns. O primeiro, e mais chato, é que a OnePlus não atua no Brasil. Então essa mamata só será útil se você der a sorte de ter alguém camarada ou da família passando pelos EUA mais tarde e disposto a comprar um One. O segundo porém é que em alguns poucos meses é bem provável que a OnePlus anuncie e comece a vender um novo smartphone. De qualquer maneira, o One não deixará de funcionar automaticamente quando isso acontecer; você continuará tendo um belo aparelho em mãos. [OnePlus]