Você deve ver seu laptop como uma unidade agradável e perfeitamente contida – mas há mais coisa nele do que seus olhos podem ver. Na verdade, todos os seus componentes elétricos criam complexos campos magnéticos e elétricos que se espalham por todas as partes, e este vídeo mostra qual o seu alcance.

Parte de um projeto de Luke Sturgeon e Shamik Ray, do Instituto de Design Interativo de Copenhague, o vídeo (que está logo abaixo) tenta visualizar os campos eletromagnéticos emitidos por dispositivos eletrônicos usando pintura com luz. A dupla explica:

Escolhemos tornar os campos eletromagnéticos que nos rodeiam visíveis. Os campos são particularmente fortes ao redor de dispositivos com partes elétricas e magnéticas. Usando fotografia de longa exposição e animação stop-frame, tentamos “pintar com luz” os campos ao redor de objetos como nossos laptops e velhos toca-fitas. Através de uma série de experimentos em fotografia e técnicas de iluminação, seguidos de uma modificação em um smartphone com Android para agir como um indicador de campo eletromagnético e, por fim, codificação do nosso próprio app, conseguimos visualizar como esses campos mudam entre cada objeto.

O smartphone foi usado como uma espécie de pincel de luz, que reagiu às mudanças de força dos campos magnéticos, e as fotos de longa exposição permitiram capturar o campo inteiro. Surpreendentemente, o campo eletromagnético do disco rígido do laptop foi forte o suficiente para parar o sensor de campo magnético do smartphone – então ainda há o que melhorar – mas o resultado é muito legal. [Vimeo via WIRED viaCreators Project]