Hoje, a Apple fechou o pregão oficialmente como a empresa de maior valor do mercado no mundo, deixando a gigante Exxon para trás. No passado, Steve Jobs ignorou vários conselhos bizarros. Confira os cinco mais marcantes:

5. Invista pesado na tecnologia do Newton. — Wired, 1997
O Newton era bacana, mas não tão bacana assim. Em vez dele, nós temos agora um sistema operacional que roda em vários aparelhos, do desktop ao iPad, iPhone e iPod touch, que usa a família ARM de chips que o Newton usava.

4. A Apple deve adotar o Windows. — John C. Dvorak, 2006
Para se matar, ele esqueceu de dizer. E olha que ele disse isso depois de o Mac OS X já ter se tornado uma realidade.

3. A Apple deve desistir do iPhone. — John C. Dvorak, 2007
Vamos admitir, ele é engraçado. Claro, ele não sabia que o iPhone seria a chave para a Apple crescer de vez.

2. Desista do mundo do hardware. — Wired, 1997
Seria bem idiota desistir do mundo do hardware quando ele cria grandes margens de lucro e dá a possibilidade de a Apple controlar tudo em sua plataforma.

1. “O que eu faria? Eu fecharia a empresa e devolveria o dinheiro aos investidores.” — Michael Dell, 1996
A Dell agora tem valor de mercado estimado em US$25,82 bilhões. Hoje, a Apple vale US$338,89 bilhões, com vendas e lucros gigantesco. Tadinho do Mickey.

Se você quiser ler mais alguns péssimos (e alguns bons) conselhos, leia a análise de Rafe Colburn na matéria 101 maneiras de salvar a Apple, em uma edição da Wired de 1997.