(Tia) Caroleta, ou Carol Maia, entrou no Gizmodo meio por acaso, seguindo uma nota do Terra. Acabou ficando, aguentando ocasionais cantadas e aparecendo para defender os direitos das mulheres. Está no segundo ano do segundo grau e trabalha na loja do pai, em Hell Claro, interior de São Paulo.

Musicalmente, nasceu na década errada. Gosta de rock clássico e quer um dia comprar a coleção inteira do Pink Floyd ou Scorpions em vinil, mesmo que não exista mais tocadores de LPs quando ela tiver dinheiro pra isso. A moça alta de 16 anos é apaixonada por suspense e terror, de André Vianco a Stephen King. Tanto que arrisca a escrever um conto ou outro em comunidades obscuras pelo Orkut. O Iluminado é seu filme favorito, e só para contrariar, não é a versão do Kubrick.

Tem poucos gadgets notáveis. É dona fã de DS e PSP, para não ter problemas com faboys nintendistas ou sonistas, mas gosta mesmo de Unreal Tournament. 99.

Unreal. Tournament. 99. É uma moça única, essa Caroleta. Ache-a na comunidade do Gizmodo no Orkut que você corre o risco de começar a falar com ela no MSN. E qualquer deslize é devidamente capturado e jogado na sua galeria de prints de momentos bizarros, a maior parte de suas fotos no Orkut.

Este post foi feito a partir de uma mini entrevista disfarçada de pesquisa, para ser surpresa. Mas isso é só um pedaço das informações, pra você ver o quanto de coisa sobre você existe na web. Durante este mês teremos perfis de outros 9 usuários representativos do Giz, em nenhuma ordem específica.

Obrigado pelas horas gastas no site, Caroleta. =)