Todo mundo ficou maluco com esses rumores do Apple Tablet, mas alguém parou para pensar em como a Apple vai lidar com os problemas em potencial? Porque existem alguns.

Pense nisso: Os rumores são essencialmente sobre um iPod Touch gigante com conexão 3G. É um tablet com web, certo? Mas nós vivemos em um tempo em que netbooks de US$ 300 são a regra nos EUA. As pessoas realmente estariam dispostas a pagar US$ 800 em um netbook todo arrumadão com touchscreen e design da Apple?

Claro, os fanboys vão jogar seu dinheiro em tudo que a Apple lança, mas quais recursos as pessoas estão esperando pra fazer valer a pena?

Leitor de eBooks – Algumas pessoas dizem que a Apple está mirando no Kindle com isso. Mas o tablet não vai trazer nada que um laptop não faça, ele só é mais fácil de carregar do que um livro. Mas mesmo assim ainda tem uma tela LCD, que as pessoas não gostam tanto de ler como gostam em e-ink ou papel. E definitivamente vai custar muito mais que o Kindle.

Navegação Web – Você pode fazer isso em um netbook por uma fração do preço.

Album Art do iTunes – Isso é um pouco mais que um bônus, e não um argumento para vender hardware.

Jogos – Claro, jogar no iPhone pode ser irritante porque seus dedos atrapalham. Mas sabe o que é mais irritante? Usar uma tela touchscreen para jogar, pra início de conversa. Jogar no iPhone é irritante porque é touchscreen, não porque é uma tela touchscreen pequena.

E há sérios problemas com a idéia de uma plataforma tablet de uma forma geral.

Digitar – Como as pessoas imaginam digitar nessa coisa? Você vai ter que deixá-lo deitado reto na sua mesa? Deitado no colo? E como você vai digitar em um lugar reto, de pé? Você não vai usar seus dedões como no iPhone. Tem um motivo do porque laptops são projetados de um jeito que a tela fica em um ângulo diferente do teclado.

Aplicativos – Isso vai rodar em uma versão modificada do OS do iPod Touch ou uma versão menor do OS X? Se é só um iPod Touch grande, nós estamos olhando para aplicativos projetados para uma resolução e para controles totalmente diferentes que serão feitos para funcionar nisso. Como isso vale a pena? Vai ter uma nova categoria na App store para esse aparelho, fazendo você comprar mais aplicativos de novo para esse formato? De que jeito ele vai estabelecer a linha duvidosa entre o MacBook e o iPod Touch?

Perfomance – O iPhone não é o jeito mais rápido de se navegar na web, mas estamos bem com isso porque é um telefone. O tablet vai estar mais perto de um laptop, e nós vamos esperar velocidades de laptop dele. Sem chance. Vai ter a força de um netbook, mas com menos espaço para colocar componentes por conta da falta de um teclado. Não tem chance disso ter uma boa performance sem custar pelo menos o preço de um Macbook Pro.

Não há nada para justificar o preço de US$ 700-800 que ele vai custar. Claro, vai causar um alvoroço. Ele parece algo que veio do Star Trek e quando anunciado, todos vamos querer um. A idéia de deitar no sofá e ficar pra lá e pra cá na internet em uma tábua linda e fina é apelativa.

Mas foi como quando o MacBook Air foi anunciado: depois da tentação passar nós estaremos olhando para um computador meia boca em uma embalagem extravagante que custa o dobro de outros aparelhos comparáveis a ele.

E da última vez que eu conferi, a economia não estava indo tão bem. Então sério, ao menos que a Apple tenha uma carta na manga e irá dara isso qualquer funcionalidade que nós não pensamos ainda ou venderá por menos de US$ 500, não imagino que a demanda será tão alta.

Mas porra, talvez eu estou subestimando o valor de design. Será que essa coisa vai ser atraente  o bastante para justificar gastar um monte de dinheiro em algo que, funcionalmente falando, não fará nada de especial? Talvez a reposta esteja no iPhone 3GI.