por Bryan Menegus

No último fim de semana, se tornou impossível jogar em muitos ginásios de Pokémon Go. Quem tentou lutar em locais como o Big Ben foi recebido por um ovo que protegia estes ginásios, impedindo-os de serem derrotados.



Os ovos apareceram em Nova York, Londres e em outras cidades, e quase todos foram colocados lá pela mesma pessoa. Ele se chama NetOps no jogo, em uma conta Kik descartável, e no Ownedcore, um fórum dedicado a encontrar exploits em World of Warcraft – e, mais recentemente, Pokémon Go.

Niantic diz que vai banir permanentemente quem trapaceia em Pokémon Go
Pokémon Go: o guia completo para se tornar um mestre no jogo

Ele descreve suas ações como “uma forma de segurança de rede”, mas também trabalha para encontrar exploits em “muitos dos melhores jogos MMO” para duplicar itens e moedas do jogo. (Ele não quis dizer se estas façanhas resultaram em alguma compensação no mundo real, por razões óbvias.)

Os ovos em Pokémon Go não podem ser soltos em um ginásio, mas o NetOps descobriu que eles têm números de identificação assim como os monstros – isso significa que eles podem ser “implantados” em ginásios.

Usando uma API baseada em Python do Github, um emulador de Android, e um script especial, ele foi capaz de enviar pedidos para a Niantic e implantar ovos em ginásios de qualquer lugar do mundo, desde que tivesse o ID do ginásio e que ele pertencesse ao mesmo time (Instinct, Mystic ou Valor). Ele postou suas descobertas, ainda que obliquamente, no fórum Ownedcore.

Enquanto muitos na comunidade Pokémon Go protestaram diante da perspectiva de ginásios sem concorrência arruinando o jogo, NetOps afirma que ele fez isso como uma brincadeira simples, atingindo apenas uma fração dos ginásios, e recusando-se a usar qualquer uma das PokéCoins ilícitas que ele obteve no processo.

“Eu tentei remover todos os ovos dos ginásios nos quais eles foram implantados na noite passada”, escreveu ele. “Eu consegui remover quase todos, exceto 9, porque a conta à qual esses 9 ovos pertenciam também foi banida.” Não está claro se a Niantic tomou medidas nesse sentido, mas a brecha em si já foi corrigida.

ovo em ginasio pokemon go

Quebrar momentaneamente um jogo é, sem dúvida, algo questionável, mas o bug dos ovos é apenas uma das inúmeras maneiras em que jogadores foram além da superfície em Pokémon Go – de coletivos como o Silph Road a comunidades como r/pokemongodev e o fórum Ownedcore.

Alguns desses exploits são utilizados para ganho individual, venda de contas e moedas, ou simplesmente para ver até que ponto é possível chegar antes de ser banido.

“Eu não posso jogar sem saber exatamente como uma ação é executada, sem saber quais dados são enviados, como o servidor lida com solicitações, se você pode quebrar como ele lida com tais pedidos etc. É meio que um vício, devo dizer”, escreveu NetOps.

Qualquer jogo de grande sucesso passa por um fluxo semelhante de jogadores éticos e antiéticos que procuram ganhar vantagem (ou uma oportunidade de negócio). E NetOps, por sua vez, afirma ter apenas postado sua façanha publicamente porque não havia nenhuma maneira de entrar em contato com a Niantic, famosa por seu silêncio com os fãs e com a imprensa.

Quem lança jogos… deveria entender o poder da transparência responsável e o conceito de um sistema de recompensas por bugs… Se há uma coisa que eu queira ensinar para a Niantic, bem como a muitos dos melhores jogos online de hoje, é que manter um relacionamento com a comunidade de jogadores que tanto gosta de investigar a segurança de um determinado app, e/ou desfrutar do jogo no sentido tradicional, é muito importante.

Programas de recompensa por bugs existem em empresas de jogos (como a Riot, por exemplo, criadora de League of Legends) e em empresas de tecnologia (como o Google, da qual saiu a Niantic).

Mesmo que o bug dos ovos tenha sido corrigido de forma relativamente rápida, ele tinha o potencial de tornar um aspecto inteiro de Pokémon Go totalmente inoperante. E mesmo que a Niantic prometa banir trapaceiros, ainda há bugs menores, falsificação de GPS, bots e sniping.

Jogadores especulam que trocas dentro do jogo serão a próxima grande atualização, e isso poderia vir em uma questão de semanas. “Uma vez que o jogo permita realizar trocas, o maior objetivo será trocar Pokémon raros de alto cp/iv. Assim, a capacidade de duplicar Pokémon é o maior objetivo”, escreveu NetOps, com base em sua experiência passada.

Antes de esse dia chegar, a Niantic primeiro deveria oferecer algo para quem caça bugs. Eles não deixarão de existir, e têm o potencial de arruinar o jogo para usuários casuais.

Foto por Hau Dinh/AP