Muitas empresas tentam deixar seus smartphones mais acessíveis para pessoas com deficiência visual com recursos de voz e mais, mas nenhum aparelho chega perto do que o OwnFone, criado por uma empresa londrina de mesmo nome, consegue fazer: ele é um celular em Braille.

Não é o primeiro aparelho em Braille, mas a OwnFone diz que ele será o primeiro na categoria a ser vendido. Ele é feito com peças criadas em impressão 3D que podem personalizar tanto a parte frontal quanto a traseira do dispositivo de acordo com a necessidade do usuário – para quem não consegue ler em Braille, ele pode ser feito com texto em relevo. A ideia é oferecer a partir dele uma forma fácil de pessoas cegas entrarem em contato com os seus familiares.

A OwnFone já aposta em celulares com peças feitas em impressão 3D há algum tempo. Em 2012, a empresa lançou um celular com algumas peças impressas em 3D, e, em 2013, criou o 1stFone, um pequeno dispositivo do tamanho de um cartão de crédito voltado para crianças – os pais poderiam pedir botões específicos e programáveis para controlar com quem o filho consegue entrar em contato.

Por enquanto, o OwnFone será vendido apenas no Reino Unido por £60 (cerca de 220 reais). [BBC]