A moda dos “hoverboards” – na verdade skates elétricos que não pairam no ar – é algo que a Igreja Católica se recusa a aceitar. Um padre nas Filipinas andou em um desses veículos durante a Missa do Galo, celebrada na véspera de Natal, e foi suspenso pela Diocese de San Pablo.

>>> Roubar loja com hoverboard é o futuro do crime preguiçoso

O vídeo do sacerdote Albert San Jose caiu nas redes sociais e instantaneamente se tornou viral. Mas os membros conservadores da igreja e da diocese local de San Pablo não gostaram. Eles disseram que o padre pediu desculpas e vai passar algum tempo refletindo sobre o que fez.

padre hoverboard (2)

Segundo o Guardian, a diocese afirma em declaração oficial:

A Eucaristia exige o máximo de respeito e reverência… O padre disse que isso serviu como um alerta; ele reconheceu que sua ação não era certa e prometeu que isso não vai acontecer novamente. Ele ficará fora da paróquia e vai passar algum tempo refletindo sobre este evento. Ele gostaria de pedir desculpas pelo que aconteceu.

O Papa ainda está para emitir sua opinião sobre hoverboards, que vêm chamando a atenção pelos seus riscos de segurança – alguns deles superaquecem e pegam fogo.

Eles foram banidos no Reino Unido e em Nova York; a Amazon parou de vender alguns modelos; e diversas companhias aéreas proíbem que eles sejam levados no avião.

[The Guardian]