O Volume 2 da 4ª temporada de “Stranger Things” chegou com tudo nesta sexta-feira (1º) na Netflix. Quase ao mesmo tempo, a Amazon Prime Video está anunciando uma produção à altura da concorrente. Trata-se da série “Paper Girls”, baseada na história em quadrinhos do mesmo nome, de Brian K. Vaughan. 

E claro, a Prime Video não perdeu tempo e soltou o 1º trailer inédito de “Paper Girls”. A prévia mostra a reação das personagens de Riley Lai Nelet, Sofia Rosinsky, Camryn Jones e Fina Strazza ao descobrirem que, acidentalmente, viajaram no tempo (isso te lembra alguma coisa?). 

Segundo a sinopse oficial:

“É o dia depois do Halloween em 1988, quando quatro jovens amigas acidentalmente tropeçam em uma batalha intergaláctica e se vêem inexplicavelmente transportadas para o ano de 2019. para encontrar um caminho de volta ao passado enquanto salva o mundo do futuro.

Confira o trailer:

A primeira temporada de “Paper Girls” terá oito episódios e chega ao Prime Vídeo em 29 de julho. A série já teve também algumas imagens divulgadas pelo perfil da produção. Se liga só:

Mas o que Paper Girls tem a ver com “Stranger Things”? Criada por Stephany Folsom (“Toy Story 4”), segundo a sinopse oficial divulgada, a série contará a história de quatro meninas de 12 anos —Erin, Mac, Tiffany e KJ— que são entregadoras de jornal.

Na manhã seguinte ao Halloween de 1988, as garotas saem para fazerem suas entregas quando algo inesperado acontece e elas vão parar no futuro. 

Com isso, as protagonistas precisarão encontrar uma maneira de voltarem para a casa (no passado), e consequentemente têm de lidar com suas versões adultas. Além disso, as entregadoras serão perseguidas por uma facção militante de viajantes do tempo, chamada de Old Watch. (Outra coincidência?)

Presas em um conflito entre facções viajantes do tempo, elas são enviadas através do tempo numa aventura para salvar o mundo. À medida que quebram as barreiras entre o passado, presente e o futuro, elas encontram versões futuras de si mesmas que precisam lidar com a escolha de abraçar ou rejeitar seu destino.

Além disso, a série explora os dramas da adolescência, como a importância do primeiro emprego, descoberta de novas paixões e o valor das amizades verdadeiras.

Não é à toa que a nova série da Amazon está sendo chamada de “versão feminina de Stranger Things”, por se passar na década de 1980, ter protagonistas mulheres e mesclar viagem no tempo, mistérios sobrenaturais e amigos que andam de bicicletas.

Será que teremos um concorrente direto, que possa desbancar o sucesso de “Stranger Things”? A produção tem tudo para agradar fãs de aventuras, sci-fi, viagens no tempo. O que nos resta é aguardar até o lançamento no final do mês.