Aparentemente, até mesmo o duro-na-queda Pentágono, lar do Departamento de Defesa dos EUA, tem um fraco pela tecnologia ecológica, já que chegou a notícia de que 4000 LEDs iluminarão o Setor 5 do edifício.

O programa LED foi detalhado em uma seção do Título III, um programa do Departamento de Defesa, e será executado por uma empresa chamada Cree. Os LEDs reduzirão o consumo de energia em 22% e se pagarão em um período de 4 anos.

O programa está sendo anunciado como uma maneira de economizar dinheiro e reduzir o consumo de energia, mas como estamos falando do Departamento de Defesa dos EUA, havia uma verbosidade irada na descrição. Além de fornecer uma fonte de luz limpa, os LEDs também “promoverão a criação e o fortalecimento das capacidades industriais domésticas para apoiar as necessidades de segurança nacional”.

É isso aí. Não se trata apenas de uma fonte de luz supereficiente. São LEDs Jack Bauer que combatem o terrorismo e já estão por aí anotando nomes. [CleanTechnica]