Seu roteador Wi-Fi provavelmente está parado em algum canto da sala, emitindo uma luz invisível (e a internet). Mas ele também está enviando informações sobre todas as coisas pelas quais passam através e ao redor da luz. Basicamente, ele está carregando uma imagem holográfica do cômodo.

• Este dispositivo wireless vai literalmente monitorar cada passo seu
• 4 modificações fáceis de roteador para uma internet mais rápida e segura

Pesquisadores já tentaram utilizar sinais Wi-Fi para formar imagens antes, mas não com um roteador comercial comum, de acordo com uma nota de divulgação da Physics. E foi exatamente isso que um time de pesquisadores da Universidade Técnica de Munique fez desta vez, projetando uma cruz numa sala utilizando um roteador Wi-Fi comum e não modificado.

A configuração colocou uma cruz entre o roteador e uma antena móvel, com outra antena do lado para ajudar com cálculos matemáticos. Elas coletaram luz diretamente do roteador e a luz refletiu e se espalhou em diferentes superfícies. Com processamento dos números e demarcação, foi produzida uma imagem mostrando o roteador WiFi como um ponto brilhante, com a cruz como uma sombra em primeiro plano. Para fazer a imagem tridimensional foi necessário combinar imagens obtidas a diferentes distâncias, de acordo com a pesquisa publicada nesta semana na Physical Review Letters.

estudo-roteadorImagem: Holl et al

O método tem alguns inconvenientes – é lento, e há apenas um conjunto de cone de luz do roteador em que imagens precisas podem ser produzidas, de resto as imagens ficam borradas. E leva tempo para fazer a coisa funcionar, disse o engenheiro eletrônico da University College London, Karl Woodbridge, à Physics. Esse problema poderia ser resolvido com mais antenas.

Um sistema como esse poderia ser utilizado para diversos propósitos com imagens em ambientes internos; Woodbridge inclusive apontou que um conjunto de antenas anexado a um “drone ou caminhão” seria um sistema de radar promissor.

Mas os pesquisadores sugerem que o estudo deve provocar um senso de preocupação no leitor. “Até mesmo comunicação criptografada transmite uma imagem tridimensional dos arredores para o mundo exterior”, escreveram.

Basicamente, nós estamos numa realidade em que simplesmente ter Wi-Fi em casa pode revelar informações sensíveis.

Ninguém está a salvo.

Imagem do topo: Physics