Contanto ninguém esteja olhando sobre o seu ombro e o seu computador esteja livre de softwares keyloggers, o que você digita há de ser bastante segura….ou era, pelo menos até pesquisadores aprenderem a ler a radiação eletromagnética do seu teclado.

Enquanto duas equipes separadas desenvolviam uma variedade de maneiras de captar a sua digitação a partir de um local próximo, a minha favorita envolve apenas 5 mil dólares em equipamentos: um PC, antena, osciloscópio e um conversor digital analógico.

Com esta aparelhagem, eles foram capazes de decodificar o que a maioria dos teclados estava digitando (com 95% de precisão) a uma distância de até 7 metros. Laptops foram mais difíceis de ler porque a assinatura eletromagnética do teclado dele tender a se misturar com o resto do sistema. Mas e aqueles teclados wireless criptografados todos bonitões? Fácil. Aparentemente, um teclado assim se identifica com cada toque de tecla porque passa um algoritmo de codificação. Uma vez identificado, ele é decodificado como qualquer outro teclado.

Não, provavelmente nem é a maneira mais fácil de roubar as suas senhas, certamente é a mais teatral. [ITWorld via Slashdot]