Existem muitas formas de se contar a história do universo. Você pode usar expressões complicadas e detalhes técnicos e científicos para isso. Ou então pode colocar um exército de pequenos robôs no formato de discos para encenarem os principais momentos da históriado universo e do nosso planeta. Pesquisadores da Disney Research em Zurique, na Suíça, preferiram a segunda opção: eis o Display Swarm.

Esses pequenos robôs, os Pixel Bots, se movem de maneira independente e funcionam como pixels individuais com cores controláveis – e com isso foi possível recriar a história do universo. Ok, vamos ser sinceros, por mais bacana que seja, está bem longe de detalhar o que aconteceu. Trata-se de uma maneira bem divertida de observar cinco momentos-chave do desenvolvimento de tudo: Big-Bang, formação da Terra, formação da vida, dinossauros e humanos.

O exército de Pixelbots está em desenvolvimento há alguns anos – em 2011, 14 deles foram apresentados em um protótipo. Mas agora são 75 máquinas individuais, cada uma com rodas magnéticas – o que significa que podem ser posicionados em superfícies verticais – e uma luz RGB que pode ser configurada com qualquer cor. Eles também conseguem se mover e evitar colisão com outros robôzinhos, podendo assim se reorganizar rapidamente sem que um atropele o outro – isso a partir de um software de posicionamento que rastreia a movimentação dos robôs com uma câmera para ajudá-los nesta árdua tarefa. [Wired]