por Angela Chen

Segundo a hierarquia de necessidades de Maslow, apenas o conforto psicológico e segurança são mais importantes que o amor em nossa busca por auto-realização. Maslow estava errado. Aparentemente, um força maior que o amor é a necessidade de caçar Pokémon. É isso que sugere dados que mostram que o app Pokémon Go já foi instalado em uma semana mais vezes que o Tinder em cinco anos, considerando dados dos EUA.

grafico-tinder-pokemon-go

Gráfico de instalações de Pokémon Go comparado com o Tinder. Fonte: SimilarWeb

De acordo com dados da consultoria SimilarWeb, Pokémon Go já foi instalado em cerca de 5% dos smartphones Android dos Estados Unidos. Em comparação, o Tinder está na casa dos 2%. Claramente, os Pokémon preenchem uma necessidade humana.

>>> Cuidado para não instalar uma versão maliciosa de Pokémon Go para Android

O Tinder não é o único app popular que o game do Pokémon está na briga para superar. O Pokémon Go está prestes a passar o Twitter também. Seus 3% de usuários ativos diariamente no Android devem ultrapassar os 3,5% dos usuários ativos do Twitter até sexta-feira (15), se não o fizer antes. Não nos esqueçamos que o Twitter está por aí há uma década, enquanto o mundo mal sabia que o Pokémon Go estaria disponível há duas semanas.

Além disso é necessário levar em conta que o app ainda não está disponível mundialmente — por enquanto, ele está oficialmente em lojas de apps dos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia. A ansiedade pelo app, inclusive, tem feito gente se dar mal e instalar softwares maliciosos.

Segundo a Niantic, a empresa que desenvolve o app junto com a Nintendo, o lançamento mundial de Pokémon Go vai ser pausado temporariamente por causa da sobrecarga que o sistema deles tem sofrido.

Os dados em iPhones são menos específicos, mas Pokémon Go já é um dos apps mais baixados na App Store, o que ajudou a fazer as ações da Nintendo aumentarem em 24%. O game tem feito as pessoas andarem, acharem corpos de gente morta e até usarem drones para hackear o app, porém tudo isso é pouco ainda. Sem contar nos ladrões que estavam usando o app para roubar vítimas.

Temos de considerar que isso pode ser uma moda passageira e levar esses números com cautela. A grande surpresa será se Pokémon Go mantiver seus usuários ativos maiores que os do Twitter por uma década.

Porém, até o momento, existe alguma surpresa no fato de que caçar Pokémon é sensacional? A realidade aumentada tem feito gente se exercitar, participar de batalhas e até ir a clubes de strip.

[SimilarWeb via Business Insider]