Parece que essa história de taser nos EUA foi longe demais. Policiais da cidade de Boise, nos EUA, colocaram um taser no ânus de um suspeito — que já estava algemado — e deram choque. Temos a gravação. (Aviso: conteúdo forte.)

 

Não consegue ouvir o áudio? Baixe o som aqui.

Policial: Tá sentindo isso?

Suspeito: Sim, senhor.

Policial: Tá sentindo isso? É o meu…

Suspeito: OK.

Policial: … taser no seu rabo.

Suspeito: OK.

Policial: Então não se mexa.

Suspeito: Eu tô tentando. Não consigo respirar.

Policial: Você tá sentindo isso nas suas bolas?

Suspeito: Sim, senhor. Eu não vou me mexer. Não vou me mexer.

Policial: Eu vou dar um choque nas suas bolas se você se mexer de novo.

(Passa um minuto)

Policial: Tá bom, agora eu vou tirar este taser do seu rabo. Você vai brigar comigo?

Suspeito: Não, nem pensar, senhor.

Policial: (para outro policial) Por enquanto, pelos últimos dois minutos, ele tem cooperado. Se bem que meu taser tá no rabo dele.

Então eles colocaram o taser nos órgãos genitais e ameaçaram repetir a dose. O suspeito ainda tem queimaduras na nádega direita 13 dias depois do violento ataque. Será que a polícia brasileira deveria usar? [Idaho Statesmen via Carlos Miller]