Um homem encontrado perambulando pelado perto da fronteira do estado americano do Nevada foi atordoado e preso pelas autoridades, apesar de se declarar um Exterminador enviado do futuro. A gente fica até um pouco triste de saber que a polícia feriu alguém tão engraçado.

Sean Stanley, de 19 anos (nós publicamos o seu nome na intenção de honrar este herói, e não envergonhá-lo), estava andando nu perto de uma rodovia até que a polícia o mandou parar — momento no qual ele imediatamente correu para se esconder em um cassino lotado. Foi no cassino que ele foi atordoardo com um Taser e preso, completamente à vista de um grupo de crianças (jogos de azar e nudez: baita passeio em família), apesar de afirmar ser um Exterminador enviado do futuro.

No fim das contas, Stanley estava era chapadíssimo de LSD e maconha. Entretanto, até o momento de publicação deste texto, não obtivemos confirmação de ele ter ou não vindo do futuro. Stanley foi acusado dos equivalentes americanos a atentado ao pudor e resistência à prisão, e agora é honrado por nós com o prestigioso Prêmio Tracy Morgan de Graça Intoxicada (por isso o vídeo acompanhando o post). Parabéns, Sean! [Yahoo! via Geekologie]