Sempre que aparece alguma notícia sobre o Google Street View, a gente sempre acha que vai envolver pessoas mijando na rua ou a quebra de privacidade de bichanos. Mas desta vez, o esquema de monitoramento Big Brother do Google ajudou a resolver o caso de um seqüestro de uma menina.

A Polícia de Massachusetts estava procurando uma menina de 9 anos de idade que teria sido supostamente seqüestrada pela própria avó. Pelo celular da pequena, eles conseguiram descobrir que ela passou por um cruzamento em Virginia.

Como eles estavam longe demais para simplesmente ir até esse lugar, a polícia usou o Google Street View para dar uma olhada no local e nas redondezas. Com isso, identificaram um prédio que parecia com um hotel vagabundo onde a menina poderia estar (de acordo com a triangulação das coordenadas do celular), confirmaram o endereço pelo próprio Google e depois chamaram a polícia de Virgínia, que invadiu o hotel e achou a avó e a menina.

A moral da história é: a polícia dos EUA usa o Google. Não se esqueça disso.