Polvos, como todos sabem, são os animais mais animais que existem.  Eles têm habilidades mágicas de camuflagem e podem escapar por buracos minúsculos.A última picardia molúscula: roubar a câmera de um mergulhador e fazer um pequeno filme caseiro no fundo do mar.

Neste caso, o cefelópode inspirado pegou a câmera emprestada do mergulhador neozelandês Victor Huang. Depois de uma breve perseguição, Huang conseguiu agarrar a câmera de volta do mecanismo de sucção de um dos braços e recuperou a estreia editorial da criatura. 

O polvo se junto a tipos como Kevin Smith e Quentin Tarantino que aprenderam a arte apenas assistindo filmes sozinhos, e já virou um pequeno fenômeno no Youtube. Infelizmente, como no caso de muitos diretores, a fama deu a ele uma fama de cabeçudo. 

UPDATE: O Victor me contatou para lembrar que era mergulho livre, não autônomo, com equipamentos. Esta é uma distinção importante por duas razões: 1) A pesca submarina sem equipamentos é geralmente considerado algo cool, enquanto levar um arpão enquanto se está com equipamento de mergulho não é. E 2) ele estava segurando a respiração o tempo inteiro! Eu não consigo atravessar uma piscininha em um fôlego só. E o Victor viu o polvo, o perseguiu, recuperou a câmera e viveu para contar a história (e mandar o vídeo para o Youtube). Isso tudo faz a história ser ainda mais maneira. [Animals Don’t Think]