O iOS 7 é bonito. É interessante. Ele faz o iPhone parecer um celular completamente diferente – é a maior atualização no seu design que vimos desde 2007.

Mas e esses ícones dos apps, hein? Alguns são bons, mas a maioria é meio bizarra e até mesmo feia. Como o sistema pode ser bonito dentro dos apps, mas ter uma carinha tão estranha?

Fontes dizem ao The Next Web que Jony Ive utilizou duas equipes diferentes para criar o visual do iOS 7. Uma equipe cuidava do design de cada app; enquanto a equipe de design de marketing ficou responsável pelos ícones, e definiu “o visual e paleta de cores dos ícones de cada app padrão”. Então a equipe que fazia o design dos apps seguiu essa paleta de cores como um guia – mas não é surpresa que duas equipes diferentes de dois departamentos diferentes criaram, bem, duas coisas diferentes.

Além disso, não havia muita comunicação entre as equipes de cada app: elas faziam separadamente o design do app e o visual do seu ícone. É por isso que todos os ícones têm a mesma base, mas parecem estranhamente desconectados uns dos outros.

A boa notícia? As fontes do The Next Web dizem que Jony Ive e a Apple não se sentem obrigados a manter o que vimos do iOS 7 na WWDC. O desenvolvimento é contínuo, e parece que a inconsistência no design dos ícones pode ser resolvida à medida que nos aproximamos da data de lançamento oficial. Alternativas não faltam.

Embora a Apple raramente mude dramaticamente o que mostra na versão beta do iOS, a Apple também nunca mudou tanto o visual do sistema como no iOS 7 – inclusive nos ícones, como você pode ver neste comparativo. Os novos ícones serão o primeiro contato das pessoas com o novo sistema, e a Apple sabe como é importante acertar essa primeira impressão. [The Next Web]