Isto é um eclipse solar. Um como você provavelmente nunca viu antes, as imagens foram feitas pelo Observatório de Dinâmica Solar da NASA (SDO) no espaço. Ele parece realmente estranho, como se o sol estivesse falhando, sumindo na escuridão do espaço. Por que a borda da sombra está meio ondulada?

A cada seis meses, o SDO faz o que a NASA chama de “temporada de eclipse.” Por mais de uma hora por dia, a espaçonave vai para trás da Terra. Então o que você está vendo aqui não é um típico eclipse solar, onde o Sol se esconde atrás da Lua. Ele está escondido atrás da Terra, com mais da metade ainda para fora da silhueta de nosso planeta. É por isso que a borda está meio ondulada e confusa de uma maneira tão estranha: o contorno da Terra está distorcido por nossa atmosfera, algo que a Lua não tem.



A atmosfera de nosso planeta – composta por aproximadamente 79% nitrogênio, 20% oxigênio e 1% de outros gases – não tem sequer uma borda clara. Sua densidade muda, bloqueando a luz solar com intensidade diferente. Mas o que são aquelas espirais esquisitas entrando na sombra, parecendo que a principal estrela de nosso sistema solar está pingando magma? Isso são pontos mais brilhantes em sua superfície. Isso ou demônios solares vindo para a Terra. Uma coisa ou outra. [NASA Goddard Flickr]