Mais um ano, mais um lançamento de iPhone a preços estratosféricos. O iPhone 6s – de 4,7 polegadas – tem 3D Touch, câmera de 12 megapixels, processador mais rápido e corpo de alumínio mais resistente. O iPhone 6s Plus tem tudo isso em uma tela maior de 5,5 polegadas. Eis os preços dos dois modelos nas operadoras e no varejo.

>>> [Review] iPhone 6s: um smartphone melhorado e com 3D Touch

TIM



A TIM venderá os novos iPhones com R$ 200 de desconto para clientes novos e atuais do TIM Pós. Ou seja, os preços começam em R$ 3.799, com parcelamento sem juros em até doze vezes. Não há contrato de fidelização. A oferta vale até 31 de dezembro.

O TIM Pós oferece 1.000 minutos para falar com qualquer operadora em ligações locais e DDD, para números móveis e fixos, e SMS ilimitado. Há três opções: 2 GB por R$ 99 mensais; 4 GB por R$ 139 mensais; e 6 GB por R$ 169 mensais. (No Rio de Janeiro e Espírito Santo, os valores são R$ 89/R$ 99/R$ 139, respectivamente.)

Nos planos pré-pago e controle, o iPhone não recebe desconto e custa a partir de R$ 3.999, com parcelamento em até doze vezes sem juros.

No entanto, somente hoje (13/11), a TIM está oferecendo um desconto de R$ 500 para qualquer pessoa comprar o iPhone 6s. A conta @TIMBrasil no Twitter vai publicar três códigos promocionais que valem por duas horas. Basta apresentá-lo na loja para comprar o iPhone 6s a partir de R$ 3.499, em plano pré ou pós, sem contrato de fidelização.

Vivo

No pré-pago e controle, a Vivo resolveu cobrar ainda mais caro que a Apple pelos novos iPhones. Todos os modelos custam R$ 400 a mais que os preços tabelados:

– iPhone 6S 16GB: R$ 4.399
– iPhone 6S 64GB: R$ 4.699
– iPhone 6S 128GB: R$ 4.999
– iPhone 6S Plus 16GB: R$ 4.699
– iPhone 6S Plus 64GB: R$ 4.999
– iPhone 6S Plus 128GB: R$ 5.399

No pós-pago, os preços do iPhone 6s começam a partir de R$ 1.999. Este é o valor no plano SmartVivo V, com ligações e mensagens ilimitadas para qualquer operadora e 20 GB de dados. Ele custa R$ 999,99 mensais.

É possível obter descontos com o serviço Vivo Renova. É uma espécie de “troca com troco”: a operadora desconta até R$ 1.700 no valor do iPhone para quem deixar seu aparelho usado. O valor depende do modelo e estado de conservação do aparelho; não precisa ser necessariamente um iPhone.

Por exemplo, o iPhone 6s de 16 GB custa R$ 1.999 no plano SmartVivo 6GB “caso o cliente escolha trocar seu iPhone 6 de 16 GB já usado por desconto de R$ 1.000 na aquisição do novo”, diz a Vivo em comunicado. (O valor pode ser parcelado em doze vezes; o plano custa R$ 384,99 mensais.) Também é possível usar pontos do programa de relacionamento Vivo Valoriza.

Claro

No pós-pago, o iPhone 6s custa a partir de R$ 2.736, parcelado em até doze vezes. Este é o valor para o plano Claro online turbo 8GB (que sai por R$ 440 mensais).

Nos planos controle, o iPhone recebe um desconto minúsculo e custa a partir de R$ 3.948. No pré-pago, a Claro cobra o preço tabelado da Apple, a partir de R$ 3.999.

A Claro também oferece os novos iPhones parcelados em 24 vezes por meio do programa Claro up. Cada parcela é descontada da conta de celular, e inclui seguro contra quebra acidental, furto qualificado e roubo, ou oxidação.

Além disso, você pode trocar de smartphone todo ano. Funciona assim: doze meses após a compra, você devolve o aparelho atual em boas condições. A Claro quita as parcelas restantes e o cliente adquire outro modelo, também parcelado em 24 vezes.

Na, Claro, o iPhone 6s 16GB estará disponível a partir de R$129 por mês, por 24 meses, na compra do Claro Up 8GB 1200min, cujo valor do plano é R$439,99. Logo, para ter o iPhone 6s mais barato, a pessoa deverá pagar mensalmente a soma do aparelho (R$ 129) com a do plano (R$ 439,99): R$568,99.

O modelo iPhone 6s Plus 16GB estará disponível a partir de R$159 por mês, por 24 meses, no plano Claro Up 8GB 1200min. Logo para ter o iPhone 6s Plus mais barato, a pessoa deverá pagar mensalmente a soma do aparelho (R$ 159) com a do plano (R$ 439,99): R$ 598,99.

Oi

A operadora não oferece desconto em smartphones, nem mesmo no pós-pago, e cobra os mesmos preços tabelados da Apple. Ou seja, o iPhone 6s custa a partir de R$ 3.999.

A Oi diz em comunicado ao Gizmodo Brasil que “está em negociação com a Apple para começar a vender os novos modelos de iPhone para seus clientes o mais breve possível”.

Varejo online e Apple Store

Os novos iPhones também estão disponíveis no varejo online, sem vínculo com operadora. A maioria das lojas oferece 10% de desconto à vista, como Americanas, Submarino e a própria Apple Store. Nesse caso, o iPhone 6s custa a partir de R$ 3.599,10.

Há descontos maiores por aí, no entanto. Na Fast Shop, os preços começam a partir de R$ 3.570,12. Enquanto isso, Saraiva e iPlace oferecem 12% de desconto à vista, e os iPhones custam a partir de R$ 3.519,12.

Os valores a prazo não recebem desconto, e seguem abaixo:

– iPhone 6s (16 GB): R$ 3.999
– iPhone 6s (64 GB): R$ 4.299
– iPhone 6s (128 GB): R$ 4.599
– iPhone 6s Plus (16 GB): R$ 4.299
– iPhone 6s Plus (64 GB): R$ 4.599
– iPhone 6s Plus (128 GB): R$ 4.899

Esses valores podem ficar ainda mais altos se você pagar com juros. Na Apple Store, parcelando em 24 vezes, o valor total é este (com juros mensais de 2,94%):

– iPhone 6s (16 GB): R$ 5.141,52
– iPhone 6s (64 GB): R$ 5.527,20
– iPhone 6s (128 GB): R$ 5.912,88
– iPhone 6s Plus (16 GB): R$ 5.527,20
– iPhone 6s Plus (64 GB): R$ 5.912,88
– iPhone 6s Plus (128 GB): R$ 6.298,56

Pagar seis mil reais por um smartphone é mais que absurdo. Nos EUA, o iPhone mais caro custa US$ 949, ou cerca de R$ 3.600.