Você pode ficar surpreso em saber que, em julho de 2010, três meses antes do lançamento oficial do app de US$1 bilhão que passamos a conhecer bem, o Instagram – então conhecido apenas por Codename – enviou sua primeira foto de teste: um cachorro e o pé de alguém num chinelo Teva.

Pois é! Nada de sol nascendo #nofilter, comida com efeito vintage nem foto de calçada ou asa de avião. Apenas um cãozinho e um chinelo, abrindo as portas para o que rapidamente se tornaria o maior e mais diverso catálogo de fotos com filtro. Hoje, são mais de 50 milhões de usuários e 1 bilhão de fotos. [Instagram]