No seu aspecto mais irredutível, o cinema pode ser considerado uma fonte primordial e inesgotável para o trabalho de registro. A partir da análise dos discursos e símbolos cinematográficos relacionados aos diversos contextos ao redor do mundo, as pessoas partem de uma nova perspectiva e absorvem a própria história que lhes seria renegada sem o acesso a esse tipo de cultura. Por isso é obrigatório expandir seu repertório para além de Hollywood. Há diversidade de valores nas produções internacionais, o que agrega em abundância na sua bagagem da vida, pouca das coisas que carregamos conosco ao longo de toda nossa trajetória. Tem muito o que ver, tem muito o que descobrir.

Pensando nisso, em parceria com o Telecine, separamos algumas indicações para você que gosta de expandir suas fronteiras e consumir conteúdo de todo o mundo, através das lentes de alguns dos diretores mais renomados da história do cinema. Confira!

Quer conhecer o trabalho de Bergman? Aqui vai uma recomendação: Fanny & Alexander (1983).

Após um alegre Natal da família Ekdahl, o pai de Alexander e Fanny vem a falecer. Pouco tempo depois, a mãe se casa com um homem rígido e religioso, mudando radicalmente a vida das duas crianças que se veem obrigadas a viver com o cruel padrasto.

Quer conhecer o trabalho de Cuarón? Aqui vai uma recomendação: Roma (2018).

Cidade do México, 1970. A rotina de uma família de classe média é controlada de maneira silenciosa por uma mulher que trabalha como babá e empregada doméstica. Durante um ano, diversos acontecimentos inesperados começam a afetar a vida de todos os moradores da casa, dando origem a uma série de mudanças, coletivas e pessoais.

Quer conhecer o trabalho de Almodóvar? Aqui vai uma recomendação: Tudo Sobre Minha Mãe (1999).

No dia do aniversário de Esteban, Manuela decide presenteá-lo com um ingresso da nova peça da atriz Huma Rojo. Após o espetáculo, Esteban tenta pegar um autógrafo da estrela, mas é atropelado e morre. Manuela então resolve procurar o pai do menino em Barcelona para lhe dar a notícia.

Quer conhecer o trabalho de Varda? Aqui vai uma recomendação: Cléo das 5 às 7 (1962).

 Em Paris, a cantora Cléo faz um exame para descobrir se está com câncer. O resultado sai em duas horas, então ela decide andar pelas ruas da cidade enquanto aguarda. Cheia de dúvidas sobre como deve agir diante da doença, ela acaba cruzando com Antoine, um jovem militar que está prestes a partir.

Quer conhecer o trabalho de Wong Kar-Wai? Aqui vai uma recomendação: O Grande Mestre (2013).

Na China dos anos 1930, o grande mestre Gong Yutian é derrotado por aquele que seria conhecido futuramente como o mentor de Bruce Lee, o lutador de kung fu Ip Man. Para vingar a honra de seu pai, Gong Er, a bela filha de Yutian, desafia Ip Man para uma luta.

Quer conhecer o trabalho de Hong Sang-Soo? Aqui vai uma recomendação: “Hahaha” (2010).

O diretor de cinema Jo Moon-Kyeong faz uma viagem para uma pequena cidade costeira de Tongyeong, na Coreia do Sul. Lá ele encontra um amigo, o crítico de cinema Jong-sik Bang, e os dois se sentam para conversar e tomar algo. Durante a conversa, eles falam sobre uma viagem que fizeram para o mesmo lugar e acabam por descobrir que conheceram as mesmas pessoas: um poeta e guia cultural e uma encantadora mulher.

Quer conhecer o trabalho de Lucrecia Martel? Aqui vai uma recomendação: Zama (2017).

Don Diego de Zama é um colonizador espanhol na América do Sul que está aguardando uma transferência para Lerma, na Espanha. Quando recebe a notícia de que um criminoso chamado Vicuña está por perto, Zama se junta a um grupo de soldados para caçá-lo e acaba desbravando as terras selvagens da colônia.

Quer conhecer o trabalho de Taika Waititi? Aqui vai uma recomendação: A Aventura de Rick Baker (2016).

Ninguém queria saber de Rick Baker. Para a assistência social da Nova Zelândia, ele era apenas um marginalzinho, condenado por furtos, roubos de carro e outras delinquências. Prestes a seguir para as mãos do poder judiciário, a sua única salvação é a mata neozelandesa, na casa da gentil Bella e do bruto Hec.

Quer conhecer o trabalho de Kléber Mendonça Filho? Aqui vai uma recomendação: Bacurau (2019).

Os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez com uma aura suspeita. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa, Domingas, Acácio, Plínio, Lunga e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.

Quer conhecer o trabalho de Kiarostami? Aqui vai uma recomendação: Gosto de Cereja (1997).

No Teerã, Sr. Badii é um homem de meia-idade que, cansado da vida, deseja suicidar-se. Ele então cava sua própria cova aos pés de uma cerejeira e parte em busca de alguém para enterrá-lo. Mas, sua busca não será fácil, já que está num lugar onde tal ato é visto como algo extremamente detestável.

Experimente grátis!

Telecine é um hub completo de cinema. Joint venture da Globo e dos maiores estúdios de Hollywood, reúne mais de 2.000 filmes, dos mais variados gêneros, selecionados a partir de uma curadoria especializada e comprometida, que alia tecnologia e inovação para promover a melhor experiência. Pela internet, a plataforma de streaming é a única dedicada exclusivamente ao cinema. Lançamentos e clássicos de grandes estúdios de Hollywood, nacionais e do mercado independente compõem o acervo mais completo de filmes. Líder de audiência na TV paga no Brasil, reúne em seis canais lineares segmentados por gêneros as produções que o público quer ver. Pela internet ou na TV, Telecine proporciona o seu momento cinema quando e onde você quiser.

Assine já!