Eu não entendo de mecânica quântica, Nem mesmo os físicos realmente entendem disso. Mas de alguma maneira, informações foram teleportadas com sucesso por um metro inteiro, o que significa que nós estamos muito mais perto de tornar Star Trek uma realidade nerdtástica.

Uma equipe da Universidade de Maryland conseguiu teleportar com sucesso um estado quântico (num movimento giratório ou polarização) de um átomo para outro por uma distância de um metro. Como eles conseguiram fazer isso é incrivelmente complicado: a explicação parece metade física avançada e outra metade filosofia existencial (por exemplo, “cada fóton está em uma sobreposição desconhecida de estados”). Mas o resultado final é que a informação não viaja a distância entre os dois átomos. Ele simplesmente aparece no segundo e desaparece do primeiro.

A tecnologia ainda é muito nova, então não existe muita especulação sobre ela, por exemplo, quando é que vou poder parar de fazer aquela horrível viagem de ônibus de 10 horas de São Paulo até Florianópolis e usar teleporte. Mas a proposta é que esse tipo de transferência instantânea de informação poderia ser útil na troca de informação em massa, como a Internet. [Live Science]