A Apple está implementando mudanças à maneira como os aplicativos conseguem informações sobre o local e as fotos dos usuários, dando às pessoas maior controle sobre os dados que compartilham e quando os compartilham.

• A secreta máquina reparadora de telas de iPhone da Apple não é mais tão secreta
• Apple permitirá que dados de usuários fiquem atrelados a apps mesmo após serem deletados

Estas são as mudanças que estão chegando no iOS 11: todos os aplicativos que usam dados de localização precisarão oferecer uma opção de “apenas enquanto estiver usando (o app)”, em vez de simplesmente “sempre” e “nunca” (o Uber foi criticado no ano passado por remover a opção de “apenas enquanto estiver usando”). Os apps só conseguirão acessar fotos individuais da galeria de um usuário, em vez de todo o seu histórico de fotos, e receberão privilégios apenas de inscrição, para que os usuários possam salvar imagens de um aplicativo sem lhe dar acesso irrestrito a todo o seu rolo de câmera.

“Os usuários valorizam poder navegar o mundo e encontrar lugares interessantes por meio de seu dispositivo iOS. Ao mesmo tempo, queremos que eles sempre estejam no controle de sua privacidade”, disse Georgios Kontaxis, engenheiro de privacidade da Apple, durante a conferência WWDC.

As pessoas já estão comemorando a decisão da Apple de forçar os aplicativos a oferecerem uma opção de “apenas enquanto estiver usando” para os dados de localização. O anúncio de Kontaxis foi recebido com aplausos, e desenvolvedores que instalaram o iOS 11 beta já estão exaltando a mudança no Twitter.

? iOS 11 *FORCES* option for GPS access “Only While Using the App” even when apps don’t offer it!

Suck it Uber. pic.twitter.com/op1siQ8rZz

 

(O iOS 11 *FORÇA* a opção para acesso ao GPS “Apenas enquanto estiver usando o app” mesmo quando os apps não a oferecem. Toma essa, Uber.)

As alterações no acesso às fotos não foram tão celebradas, mas também são bem empolgantes. Com o sistema operacional atual, você precisa garantir ao aplicativo acesso irrestrito a toda a sua galeria de fotos só para que possa colocar um simples filtro em uma selfie boba. Mas uma vez que o iOS 11 estiver amplamente disponível, você poderá filtrar seu conteúdo até cansar, sem se preocupar se algum aplicativo que esteja usando tenha capacidade de segurança suficiente para proteger suas nudes.

“Os usuários poderão abrir uma foto em seu aplicativo sem que precisem dar acesso a toda a sua galeria de fotos. Isso os deixará mais confortáveis para usar seu aplicativo, porque terão um maior controle sobre seus dados”, explicou Kontaxis.

Os apps também receberão a opção de pedir privilégios apenas de inscrição para a galeria de fotos de um usuários, revelou Kontaxis. Os usuários podem se aproveitar dessa opção em cenários em que queiram salvar suas imagens de um serviço sem ter que subir ou compartilhar qualquer uma de suas imagens.

Imagem do topo: Getty