Um projeto simples pode mudar a vida de engenheiros e arquitetos no futuro: é o Projeto Mola do arquiteto brasileiro Marcio Sequeira de Oliveira, que simula o comportamento de estruturas arquitetônicas usando… molas.

Idealizado durante seu curso de pós-graduação em arquitetura, o Projeto Mola tem como objetivo demonstrar de forma tátil e visual como as estruturas se comportam – o que facilitaria, e muito, a vida de profissionais durante a concepção de um projeto. O arquiteto explica:

O resultado é um modelo interativo que simula o comportamento de estruturas reais. Trata-se de uma maneira experimental de estudar e ensinar o comportamento das estruturas arquitetônicas. Com o Mola, pode-se montar, visualizar e sentir as estruturas com as próprias mãos.

Em sua campanha de financiamento coletivo no Catarse, o Projeto Mola pretendia levantar R$ 50.000, mas foi tão bem recebido que já está quase com 10 vezes mais fundos do que a previsão inicial – no momento de fechamento deste post, ele está na casa dos R$ 490.000, faltando duas semanas para o fim da campanha. Com o financiamento garantido, agora é questão de tempo até que ele seja produzido em escala comercial – os apoiadores devem começar a receber o kit em 2015. [Catarse via aU]