Um dos principais motivos que incapacitam o atleta com algum tipo de deficiência física para competir em alto nível é o custo das próteses. Dependendo da parte do corpo que precisa ser reposta para aguentar os treinamentos e torneio em bom nível, os valores se tornam inacessíveis para a maior parcela dos necessitados. Na tentativa de apresentar uma solução boa para as próteses tradicionais, William Root, recém-graduado da Instituição Pratt, em New York, achou uma saída interessante.

Continue lendo no ExtraTime: http://extratime.uol.com.br/protese-feita-com-impressora-3d-promete-facilitar-vida-e-o-bolso-de-atletas-e-para-atletas/