Aí está. A prova in-con-tes-tá-vel de que o iPhone nano existe. Pois, se há uma cópia, é claro que existe um original, certo? Tem que haver! Em algum lugar! Como? Onde? Pensem!

Ontem, um leitor nos enviou a seguinte mensagem no e-mail de dicas:

MEU DEUS! EU ACHEI O NOVO IPHONE NANO! DÊ UMA OLHADA, CARA! ESSE É O NEGÓCIO REAL! EU COMPREI O IPHONE 3G ORIGINAL DELES! E ERA REAL! ESSE TEM QUE SER REAL! VOCÊ NÃO VÊ?!?!?! MEU DEUS! ASDADGAFAAEFGASDGADFASDHHHHH!!!

Eu tentei colocar um pouco de razão na história: “Cara, você acha que um fornecedor chinês teria um telefone da Apple antes da própria Apple?”. Mas ele não ligou: “PÔ! EU SEI QUE É REAL! TEM QUE SER REAL! COMPREI TRÊS DELES PARA MEUS AMIGOS DO COLEGIAL NO TEXAS!!!”. Depois de um tempo, fui educado e dei boa noite. Era Natal, mesmo.

Mas agora não é mais. [China Suppliers; valeu, JC (não é o Jason Chen) ; e boa sorte a todos os donos desse incrível iPhone nano 3G com games em Java e 64 tons polimórficos!]