Na madrugada de hoje a Sony do Japão anunciou um punhado de coisas relacionadas a jogos. Dentre elas, uma caixinha, com 6x10cm, chamada PS Vita TV. É exatamente o que você está pensando, mais algumas surpresas bacanas.

O PS Vita TV naturalmente se conecta à sua TV, é compatível com joysticks Dual Shock 3 e conta com a biblioteca de jogos do PS Vita — há entradas para os jogos da plataforma e outra para cartão microSD –, jogos em formato digital, os do PSP e vários do PlayStation original. A compatibilidade com jogos do PS Vita portátil é limitada, já que a tela e a superfície traseira sensíveis a toques não são replicáveis no Dual Shock 3.

Parece meio estranho transformar um console portátil em um de mesa, mas a parte gamer da história deixamos para o Kotaku. O que nos interessa é que o PS Vita TV é, talvez sem querer, talvez como uma jogada premeditada, um complemento à estratégia de presença na sala de estar da Sony.

Além de jogos, a minúscula caixinha faz streaming de serviços de vídeo como Hulu, DMM.com, Tsutaya TV e NicoNico Douga — todos, imagino, populares no Japão. Outra coisa legal que ele tem é o “Remote Play” que funciona com o PlayStation 4. Se a TV onde o PS4 está plugado estiver em uso, basta ligar o PS Vita TV em outra e fazer streaming do jogo. Para casas cheias, com a TV da sala sendo constantemente objeto de disputa, é uma boa saída.

As funções do PS Vita TV são várias, ele é minúsculo e discreto e, o mais importante, barato. Custa US$ 100, o mesmo que um Apple TV (nos EUA), e além de streaming, conversa muito bem com o PS4 e traz todo o lance de jogos que há anos esperamos a Apple começar a explorar em sua caixinha da sala de estar.

Além da versão simples, quando começar a ser vendido no Japão, no dia 14 de novembro, um bundle contendo um Dual Shock 3 também será comercializado por US$ 150. Infelizmente ainda não se sabe se o PS Vita TV aparecerá em outros países. [Kotaku US]