Aquela incerteza anual dos proprietários de smartphones e tablets Android está de volta. Onde o Jelly Bean, com suas novas notificações, Google Now, Project Butter e outras coisas legais, aparecerá? E quando?

O Jelly Bean foi anunciado durante a Google I/O no finalzinho de junho. Até agora, a nova versão só apareceu no Nexus 7 (sai de fábrica com), Galaxy Nexus, Nexus S e Motorola Xoom, que apesar de não ter no nome, é como se fosse um Nexus e sempre recebe atualizações pontuais. E os demais? Há luz no fim do túnel? O meu Android comprado semana passada terá a nova versão ou ficará enclausurado no Ice Cream Sandwich ou Gingerbread para sempre? Fomos à caça de respostas e, abaixo, segue um resumo do que já se sabe a esse respeito.

ASUS

No começo da semana o ASUS Transformer Pad TF300 começou a receber o JB via atualização OTA (over the air). É o primeiro de uma série, informação confirmada pela ASUS em sua página no Facebook:

“Temos o prazer de anunciar que atualizaremos muitos dos nossos tablets para o Android 4.1, o Jelly Bean. O ASUS Transformer Pad, ASUS Transformer Pad Prime e o ASUS Transformer Pad Infinity estão todos no cronograma para receberem a atualização para o Jelly Bean nos próximos meses.

Ainda estamos estudando atualizações para o Jelly Bean em outros dispositivos, mas no momento não estamos em posição de confirmar se esses outros produtos serão elegíveis ou não para a atualização.”

 LG

Não se confunda: o que a LG anunciou hoje, via Facebook, é a leva de aparelhos a serem atualizados para o Ice Cream Sandwich: Optimus X2, Optimus Black, Optimus 3D, Prada (!) e Optimus LTE. Sobre o Jelly Bean, antes do seu lançamento a declaração dada foi a seguinte:

“Nós certamente daremos uma olhada no Jelly Bean. No momento, porém, nosso foco ainda está na liberação do ICS.”

Samsung

Existe o rumor de que o Galaxy S III receberá o Jelly Bean semana que vem, no dia 29 de agosto. Um vídeo (acima) vazado mostra o aparelho rodando uma ROM oficial do Android 4.1. Além desse, há rumores de que o Galaxy Note e até o Galaxy S II, do ano passado, também poderão receber a última versão do sistema. Oficialmente, a posição da Samsung é meio “não encha o saco, por favor”:

“Quando uma nova versão do sistema operacional Android é anunciada publicamente e lançada, a Samsung analisa a possibilidade de implementação nos produtos já existentes da Samsung com o sistema operacional Android (‘Atualização’). Esse tipo de análise se baseia em vários fatores, incluindo o efeito geral da atualização nos produtos da Samsung, os requisitos do sistema, as limitações estruturais e o nível de cooperação dos fornecedores de componentes e dos licenciadores de software. Se a Samsung decide tornar a atualização disponível aos usuários, ela é lançada após a conclusão bem sucedida do desenvolvimento.”

Sony

Na Sony, teve festa e até bolo, só que para a liberação do Ice Cream Sandwich — que chegou ou está para chegar a toda a linha 2011 de smartphones da empresa. Jelly Bean? Veja bem…

Há quase um mês, John Cooper, gerente de produtos móveis da Sony UK, pintou na página da empresa no Facebook para responder algumas perguntas. Duas relacionadas ao Android 4.1 no meio, duas negativas: já se sabe que o arc S e o Xperia Mini Pro não serão agraciados com a última versão do sistema.

Sobre o restante da linha 2011 e os novos de 2012, ainda não se sabe nada.

 HTC

A linha One (ou quase toda ela) tem a atualização para o Jelly Bean como garantida. Ao site Ausdroid, uma declaração oficial da HTC enviada no final de julho revelou o seguinte:

“Sabemos que os fãs da HTC estão ansiosos para colocarem suas mãos na última versão do Android do Google. Nesse momento, podemos confirmar que temos planos de atualizar os nossos HTC One X, HTC One XL e HTC One S para o Jelly Bean. Fique ligado para mais informações sobre as atualizações de dispositivos, cronograma e outros detalhes sobre a HTC e o Jelly Bean.”

Deixaram o One V de fora?

Motorola

De certo, só o Xoom — que inclusive já foi atualizado. Mas como dissemos acima, o Xoom é um estranho no ninho da Motorola: apesar de não ter a marca “Nexus”, ele é como se fosse um, já que foi o tablet flagship do Android 3.0 Honeycomb.

Sobre os demais modelos, nada se sabe ainda.

***

Se o seu modelo não consta acima ou foi dado como fora dos planos da fabricante, não se desespere ainda! É comum que os planos mudem no meio do jogo — e às vezes de forma positiva. Até agora, isso é tudo o que se sabe. Pouca coisa, né? As empresas estão meio caladas, parecem até tímidas. Atualização para Android é aquela roleta russa, mas pelo menos os modelos topo de linha parecem estar garantidos. Quando elas saem? Aí já é outra história… [Pocket-lint. Foto: Maulim/Flickr]