David Johnson tem o e-mail do rapper Jay-Z. Provavelmente. Ele vem enviando e-mails para ele há anos, e por um motivo até inspirador – mas sem nenhuma resposta, Johnson mais uma vez não realizou um sonho.

Com um serviço chamado ReadNotify, Johnson confirma que os e-mails foram não só lidos, como abertos em locais que correspondem diretamente às viagens de Jay-Z. Ele só precisava de uma só resposta: assim, ele conseguiria se tornar um escritor conhecido. Mas ela nunca veio. John Herrman, ex-Gizmodo US, analisa este relacionamento entre Johnson e Jay-Z, e os efeitos do acesso ilimitado à caixa de entrada de um famoso.

David Johnson lidou com pobreza e diversas mudanças de casa durante sua infância, mas tinha um sonho: entrar na NBA. Ele virou técnico de basquete numa escola, e não parou de tentar: em 2009, com forte autopromoção e treinamento, ele conseguiu entrar em contato com pessoas influentes da NBA. Ele chegou perto… mas infelizmente não conseguiu.

Desde 2010, ele enviou mais de 260 e-mails para Jay-Z, criando sem querer um diário de sua própria vida. Ele não revela como conseguiu o endereço. Mas por que ele começou a escrever os e-mails?

Quando seu emprego foi eliminado por cortes de orçamento, ele usou a oportunidade para começar a escrever. Ele formou uma empresa e começou a publicar por conta própria. Era Johnson, o escritor – especificamente, na época, um memorialista – que começou a escrever para Jay-Z.

Só que Jay-Z nunca respondeu nenhum dos e-mails, e isso se tornou um problema para Johnson:

Mês passado, o relacionamento chegou a um entrave. Johnson, que havia publicado alguns livros por conta própria, decidiu compilar suas cartas em uma narrativa pessoal que, assim como as próprias cartas, seriam mais sobre ele que sobre o destinatário (se bem que um Jay-Z iminente, invisível, onisciente porém silencioso seria um recurso literário poderoso, eu acho).

Antes de avançar, Johnson abordou algumas grandes editoras com seu material bruto: uma proposta por e-mail, os e-mails, e sua explicação… Johnson diz que uma grande editora ficou interessada, mas pediu para obter uma resposta do Jay-Z antes de seguir em frente. (…) Ele acredita que só precisava de um e-mail do Jay-Z para fazer isto acontecer.

E então, pela primeira vez desde que ele começou a enviar os e-mails, Johnson sentiu que ele realmente precisava do Jay-Z. Quando ele não respondeu, diz Johnson, isso mudou a opinião dele sobre Jay – Shawn – para sempre. (…) A discussão com a editora acabou com uma rejeição educada, porém curta, e um desejo de boa sorte.

E por que Jay-Z nunca respondeu? John Hermann lista alguns possíveis motivos no BuzzFeed, e explica como tentou verificar a autenticidade do e-mail. Ele até conseguiu uma resposta (em off) da assessoria do Jay-Z, mas o e-mail que ele enviou para o rapper, usando o mesmo endereço de Johnson, continua sem resposta. [BuzzFeed FWD]

Foto por Mike Coppola / Getty Images