Por mais que tentemos ignorá-la ou até mesmo segregá-la de nossa navegação diária, é fato que a pornografia dá vida à internet. Mas quanto sexo sexy está realmente navegando por esta série de tubos?

A resposta: muito sexo, é claro. Os principais sites de pornografia – XVideos, LiveJasmin, YouPorn, Tube8, Pornhub – são quase tão populares quanto Facebook e Google. Só o Xvideos tem 4,4 bilhões de visualizações de página por mês, o dobro do que o Reddit consegue no mesmo período, e o triplo da CNN. E não é só a quantidade de tráfego que estes sites geram, é a duração de cada visita também. A maioria dos sites tem visitação média de 3 a 6 minutos. Sites de pornografia chegam ao quíntuplo disso – 15 a 20 minutos por visita.

Em termos de uso real de dados, sites de pornografia são monstruosos. A maioria deles armazena de 50 a 200TB de material cada – não é tanto assim. Mas durante horários de pico, quando o site está sendo usado para ver galerias de imagens, baixar conteúdo e assistir vídeo, o consumo de dados explode. De acordo com a ExtremeTech,

O YouPorn armazena “mais de 100TB de pornografia”, e serve “mais de 100 milhões” de page views por dia. Tudo isto resulta em uma média de 950 terabytes de transferências de dados por dia, e quase tudo isso é streaming de vídeo. Isto corresponde a cerca de 28 petabytes por mês, e significa que nossa estimativa de 29PB para o Xvideos é baixa; ele provavelmente serve de 35 a 40PB por mês.

E fica melhor! Em horário de pico, o YouPorn serve 4.000 páginas por segundo, o que aumenta o tráfego a até 100 gigabytes por segundo, ou 800Gbps. Isto é equivalente a transferir mais de 10 DVDs dual-layer a cada segundo.

800Gbps é só em um site de pornografia, e ele nem é o maior. Dado que há mais sites de pornografia do que estrelas no céu, é óbvio o motivo pelo qual todos estamos aqui: a internet é como uma revista pornô, e não estamos aqui para ler os artigos. [ExtremeTech]