É uma cena que parece ter saído de um pesadelo do Papai Noel: uma tempestade de raios atingiu e matou mais de 300 renas em um parque no sul da Noruega na sexta-feira (26).

As carcaças foram encontradas durante uma inspeção de rotina da agência ambiental norueguesa. O órgão depois confirmou que a contagem dos corpos chegou a 323 renas (incluindo 70 bezerros).

renas-2

Fortes tempestades atingiram a região de Hardangervidda durante toda a sexta-feira, e autoridades acreditam que uma tempestade tenha causado a morte do grande grupo de animais. As autoridades dizem que as renas morreram em uma taxa tão alta porque elas estavam próximas umas das outras, em busca de abrigo da chuva.

“Já ouvimos falar em casos de animais que morrem depois de atingidos por raios, mas não lembro de ter visto um raio matar tantos animais de uma vez antes,” disse o representante do órgão do meio ambiente da Noruega Knut Nylend. “Não sabemos se foi um ou mais raios; isso por enquanto é só especulação.”

De acordo com o The Local Norway, cerca de 10.000 renas migram no parque, fazendo dele a maior comunidade de renas selvagens da Noruega. Autoridades dizem que os animais se assustam facilmente e frequentemente se movem em grandes rebanhos durante condições ruins de tempo. Essa tendência acabou custando a vida deles.

[Norwegian Environment Agency via The Verge]

Fotos via Agência Ambiental da Noruega