Lembra quando o Netflix nem pensava em vir ao Brasil, e ninguém se importava com streaming de filmes e séries? Depois que anunciaram sua vinda, a TV paga começou a reagir, oferecendo serviços semelhantes: Net Now, Muu, Telecine Play, HBO Go… Agora, a TV aberta também entra no jogo.

Com o Globo.TV+, você assiste a novelas e programas da Rede Globo pagando R$12,90 por mês. O Globo.TV+ ainda está em fase de testes, disponível apenas em Minas Gerais.

Não é transmissão ao vivo: você pode ver capítulos anteriores da novela, por exemplo, ou programas como Globo Esporte e Jornal Nacional na íntegra. Você ainda pode acessar tudo pelo iPhone, através de app, ou em outros dispositivos – inclusive seu computador – através do site. É bem semelhante ao Netflix. Quem é assinante da Globo.com já tem acesso aos vídeos; o serviço é pensado apenas para os não-assinantes.

E sim, há uma versão gratuita do serviço, chamada Globo.TV. Você pode acessá-la no computador e ver trechos da programação da Rede Globo e canais Globosat (SporTV, Multishow, GNT etc). E há um app gratuito para iPhone, também limitado a trechos de vídeos. Mesmo assim, ele é um dos dez apps mais baixados na iTunes Store brasileira. Percebendo a demanda, a emissora resolveu criar o Globo.tv+.

A versão paga também tem programas de TV por assinatura. Mas explorando um pouco o catálogo, notamos que não há programas da TV paga na íntegra – só trechos, e todos já disponíveis de graça. Então quem paga R$13/mês ganha de fato apenas a programação da Rede Globo. Você pagaria para ver programas de TV aberta, e sem transmissão ao vivo? [Globo.tv via Folha via Filmes Netflix]