Tecnologia

Review: Vision Tab 10, tablet da Positivo, tem ótimo custo-benefício

Confira nossas impressões sobre o Positivo Vision Tab 10, tablet de entrada da marca brasileira
Imagem: Positivo/Reprodução

Marcas brasileiras de tecnologia carregam há décadas o estigma de entregarem produtos de qualidade inferior aos das grandes empresas de tecnologia do planeta. Verdade ou não, o fato é que o brasileiro é um consumidor exigente quando se trata de tecnologia. E a má reputação tem mesmo o efeito de afastar possíveis consumidores.

whatsapp invite banner

É importante lembrar que alguns fabricantes internacionais com produtos de “qualidade duvidosa” também não sobreviveram ao mercado brasileiro e encerraram as operações após meses sendo massacrados pelos clientes.

O NOTE MAIS BEM AVALIADO DA AMAZON
Galaxy Book2 Intel COM R$1.100 de desconto
R$ 2.929

Nos últimos anos, empresas que chegam ao mercado local têm apostado em atingir a parcela do público que não está disposta a pagar caro em um dispositivo topo de linha, mas ainda assim desejam um produto confiável. É nesta parcela que algumas brasileiras, como a Positivo, por exemplo, está apostando com o produto que nós testamos.

No início deste ano a brasileira Positivo anunciou o Vision Tab 10, um tablet de entrada, mas que traz alguns recursos normalmente encontrados em dispositivos que estão em uma faixa de preço mais elevado combinados com um design um pouco mais elegante e chamativo.

Será que a Positivo foi capaz de superar a desconfiança do consumidor brasileiro e entregar um bom produto?

Confira nossas impressões a seguir!

Visão geral

O visual é a primeira coisa que chama a atenção ao retirar o aparelho da caixa. Ele é fino e muito bem acabado. O modelo que testamos veio na cor preta e com um acabamento texturizado na parte traseira, que torna a pegada mais aderente e menos suscetível a escorregões.

Além dos acessórios que já são esperados na compra de um dispositivo eletrônico, como um carregador de 10 W com cabo USB tipo C, O Positivo Vision Tab 10 conta com uma capa-teclado, que normalmente acompanha de fábrica alguns dispositivos com preço mais elevados.

O teclado, embora possa oferecer maior eficiência na hora de digitar mensagens ou textos, é pequeno, e, se para mim, uma pessoa que não tem mãos tão grandes, ele pode parecer desconfortável até para digitar textos curtos, quem tem mãos maiores deve sofrer um pouco mais.

Mesmo que a proposta de incluir um teclado na caixa seja bem interessante, senti falta de um componente: o trackpad. Como você, caro leitor, viu em reviews anteriores aqui no Giz Brasil, em dispositivos da Samsung, por exemplo, o conjunto capa-teclado + trackpad por transformar um “simples tablet” em algo semelhante a um notebook. No entanto, neste produto precisamos considerar a faixa de preço e que um acessório mais sofisticado pudesse acabar encarecendo o produto.

Lembrando que, para quem sentir falta de um touchpad, há possibilidade de conectar mouses sem fio via  bluetooth.

Ainda sobre a capa, a Positivo trouxe uma acessório com fixação por encaixe e não por sistema magnético, o que pode ser útil, principalmente, para aqueles usuários mais desastrados. O único problema pode ser na hora de retirar o produto da capa, um processo que é mais trabalhoso do que parece — eu particularmente sofri um pouco todas as vezes em que tentei.

Tela

O aparelho apresenta uma tela de 10,1 polegadas com tecnologia IPS LCD e resolução de 1280 x 800. Na prática é um display mediano, mas que oferece tudo o que é esperado em produtos nesta faixa de preço. Enretanto, mesmo com a tecnologia antirreflexo, o produto pode não oferecer uma boa visualização em ambientes externos.

Por ser um dispositivo com preço mais acessível, em alguns conteúdos, principalmente quando o brilho está um pouco mais alto, o usuário pode notar cores escuras com um tom mais acinzentado, o que pode ser um problema para quem é mais exigente ou até passar despercebido para quem é mais flexível.

Fora a falta de profundidade em tonalidades mais escuras, o painel não tem grandes problemas e pode, sim, oferecer uma experiência satisfatória para os usuários, preferencialmente em ambientes internos e com pouca incidência de luz natural.

Som

A maioria dos usuários modernos prefere interagir com produtos digitais utilizando fones de ouvido, mas para fins de análise decidi testar as duas saídas de áudio que ficam posicionadas na parte superior e inferior do tablet, que a depender do conteúdo pode até oferecer uma sensação de som estéreo.

Mesmo considerando que o Positivo Vision Tab 10 é um tablet de entrada e não tem nenhuma pretensão de competir com intermediários/avançados ou flagships, o som deixou um pouco a desejar. Principalmente, quando o volume está um pouco mais alto. Nesta situações foi possível perceber um déficit acentuado nas frequências mais graves e até alguns ruídos e “chiados” impossíveis de ignorar.

Oppo: 5ª maior marca de celulares do mundo fabricará aparelhos no Brasil

Redmi Watch 4: quanto custa o novo smartwatch Xiaomi no Brasil

Desempenho

O tablet vem equipado com o processador UniSoc T606, que tem oito núcleos. O componente chinês ainda é pouco conhecido em comparação com os fabricados por gigantes como Qualcomm e MediaTek e, embora esteja longe de ser um topo de linha, cumpre bem seu papel no segmento de entrada.

Para quem não está muito familiarizado com o chipset, ele é equivalente ao MediaTek G80, presente em outros tablets com propostas e faixas e preços bastante parecidos, como é o caso do Realme Pad e do Lenovo Tab M9. Este segundo também está disponível nas principais varejistas do mercado brasileiro.

O produto ainda conta com 4 GB de memória RAM e 128 GB armazenamento interno. Que são suficientes para guardar arquivos pessoais e instalar aplicativos diversos, incluindo jogos. Como um dispositivo mais acessível, é de se esperar que ele tenha problemas para executar jogos mais “exigentes”. Mas para tarefas mais simples, como estudos, por exemplo, ele dá conta do recado.

Durante o período de testes, o produto não apresentou gravves problemas de desempenho durante atividades corriqueiras, como acesso à redes sociais e serviços de streaming, mas mostrou algumas dificuldades para executar alguns games, com travamentos pontuais em cenários um pouco mais densos graficamente.

Câmera

O produto vem de fábrica com uma câmera traseira de 13 MP e frontal de 5 MP. Na prática, os componentes não são os melhores para capturar fotos ou vídeos, mesmo em ambientes com boa iluminação ainda é possível notar algum ruído nas imagens, granulações e cores um pouco distorcidas.

Quem for comprar o produto precisa estar ciente que o propósito aqui não é entregar fotos de alta qualidade e sim entregar um produto funcional por um preço mais acessível. Por isso, quando o assunto é chamadas de vídeo, por exemplo, o produto cumpre muito bem seu papel, embora a qualidade não seja das melhores.

Bateria

Ele está disponível com uma bateria de 6.000 mAh, o que é maior que os 5.100 mAh do Lenovo M9, talvez seu principal concorrente no segmento de entrada. O produto oferece uma boa autonomia de energia, mas descarrega um pouco mais rápido do que o normal quando está executando jogos.

O componente oferece uma boa duração especialmente se o usuário for daqueles que utiliza o produto mais esporadicamente durante o dia. Para uso mais intenso, o usuário pode perceber um descarregamento um pouco mais veloz, mas nada muito fora do normal.

Vale a pena?

A principal virtude do produto é o custo benefício. Nesta faixa de preço, é possível encontrar o produto por valores inferiores a R$ 1.200, na versão com capa e teclado. E na versão sem acessórios, por menos de R$ 950. O que é muito atrativo para usuários que apenas buscam um tablet decente para tarefas corriqueiras.

Como dissemos no início, a versão com capa e teclado pode oferecer maior produtividade, principalmente, na hora de digitar mensagens, e-mails ou preencher documentos de texto. E embora um trackpad faça falta, o teclado já é uma adição e tanto nesta faixa de preço.

O ponto mais preocupante para mim é o fato de que o tablet vem equipado com o Android 13. E, de acordo com uma porta-voz da Positivo, neste momento não há perspectiva para a atualização para versões mais recentes do sistema operacional. Este cenário pode fazer o produto perder suporte para apps um pouco mais cedo do que deveria. E deixar de ser uma opção com bom custo-benefício para se  tornar uma dor de cabeça.

positivo vision tab 10

Considerando o preço — e a versão com capa-teclado –, o Positivo Vision Tab 10 é um aparelho que vale a pena. Ele pode ser bem útil para quem deseja adquirir seu primeiro tablet.Ou comprar um dispositivo para auxiliar em seus estudos, mas não quer gastar muito.

O Giz Brasil pode ganhar comissão sobre as vendas. Os preços são obtidos automaticamente por meio de uma API e podem estar defasados em relação à Amazon.
Vinicius Marques

Vinicius Marques

É jornalista, vive em São Paulo e escreve sobre tecnologia e games. É grande fã de cultura pop e profundamente apaixonado por cinema.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas