Em dezembro, o Google passou a oferecer revistas e jornais digitais na Play Store brasileira. Normalmente, elas custam exatamente o mesmo que nas bancas; no entanto, 35 títulos estão sendo oferecidos promocionalmente ao preço simbólico de R$ 0,99.

Há todo tipo de revista: ciência e tecnologia (Superinteressante, Galileu, Mundo Estranho); notícias (Veja, Época, Carta Capital); negócios (Exame, PEGN, Época Negócios); femininas (Vogue, Glamour, Marie Claire); masculinas (VIP, GQ); entre muitas outras. A lista completa está neste link.

Lendo Exame no Android

As revistas ficam guardadas no app Play Banca, disponível para Android e iOS, e também no endereço play.google.com/newsstand. É possível navegá-las como uma revista real, folheando as páginas e dando zoom; ou exibindo cada artigo como um post de blog – o app extrai o texto e imagens para mostrar tudo em uma só coluna, algo ideal para a tela do smartphone. No app, você pode ler offline.

Para comprar as revistas, você pode usar cartão de crédito nacional ou internacional – os valores são cobrados em reais – ou também vales-presente que podem ser adquiridos em supermercados. A promoção dura até o dia 15 de junho.

Lendo Exame na web

O desconto não vale para assinaturas mensais ou anuais. A maioria custa o mesmo na Play Banca e na editora; mas algumas assinaturas podem sair mais barato (antes não era assim). Por exemplo, a Exame custa R$ 263,40/ano através do Google e R$ 398,40/ano pela editora Abril (apenas pelo acesso digital).

Nos últimos meses, o Google expandiu o catálogo de revistas à venda no Brasil. É possível adquirir até mesmo títulos internacionais, como Popular Mechanics, Edge (sobre videogames) e Esquire (masculina).

Mas você compra revistas hoje em dia? Se sim, está disposto a ler no smartphone ou tablet?

Primeira imagem via YouTube