Vestir toda uma roupa de couro de motociclista para seu passeio matinal de bicicleta talvez seja um exagero, mas ciclistas também precisam usar bastante proteção quando vão às ruas. Para isso, a fabricante de equipamentos atléticos Scott está desenvolvendo uniformes estrategicamente reforçados em áreas fundamentais usando fibra de carbono e cerâmica, para minimizar os danos caso o ciclista acabe caindo no asfalto.

ucin8yhhcg1xj8dlmwwd

Criado originalmente por uma empresa chamada Schoeller Textiles, o tecido protetor, que será usado para reforçar os ombros e quadril dos equipamentos da Scott, é revestido por padrões de partículas de cerâmica que servem para proteger o material do atrito do ciclista na rua. Isso também ajuda o tecido a resistir a rasgaduras, o que expõe a pele do ciclista.

Para garantir que o tecido da ITD ProTec Bikewear Technology vai proteger ciclistas quando eles não mais estão em suas bicicletas, as partes reforçadas também usam fibra de carbono para serem especialmente resistentes, mas ainda assim leves e flexíveis.

Como bônus, isso ainda dá propriedades antibacteriais para manter o odor do corpo sob controle. A camisa custa US$ 145, enquanto os shorts, previstos para 2015, custarão US$ 125. Parece caro, mas é um conjunto que ao mesmo tempo protege o corpo de machucados doloridos e de cheiros estranhos. [Scott via The Gear Caster]