Magicamente, eis que aparece uma foto do possível-novo-quem-sabe iPhone Nano. Externamente, o baby Jesus é exatamente como a gente esperava: igual ao iPhone pai, só que menorzinho. A grande pergunta é: qual é a vantagem de se ter um iPhone pequetitinho? A bateria dura mais? O preço é menor? Não sei.

Outra coisa esquisita, bem levantada pela galera do Dvice, é que um lançamento grande desses (mesmo sendo um telefone nano, ahn ahn? entenderam?) pede um pronunciamento do mestre Steve Jobs, certo? E todo mundo já sabe que ele não vai aparecer. Ou será que ele pode fazer uma grande surpresa no meio da Macworld? Ou então algum outro executivo da Apple vai fazer esse anúncio, mostrando cada vez mais que  Jobs está dando linha na pipa?

Perguntas demais, se você me perguntar. E só saberemos a resposta em janeiro. Maldição. Mas acho que esse iPhone Nano é solamente conversa mole. [Crunchgear via Dvice]